>
sábado, 28 de maio de 2022 - 00:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Governo do Estado paga R$ 22,8 milhões de bônus para policiais civis e militares

Governo do Estado paga R$ 22,8 milhões de bônus para policiais civis e militares

Matéria publicada em 31 de dezembro de 2020, 08:29 horas

 


As gratificações variam de R$ 700 a R$ 3 mil

A gratificação promove a integração entre as polícias e busca os melhores resultados na redução da criminalidade – Foto: Arquivo.

Rio- O Governo do Estado está pagando R$ 22.820.856,04 de premiação a policiais civis e militares por produtividade e boas práticas decorrentes da aplicação do Sistema de Metas e Acompanhamento de Resultados. A premiação é referente a dois ciclos: segundo semestre de 2018 e primeiro semestre de 2019. A ordem bancária foi feita nesta quarta-feira (30/12), e o dinheiro estará na conta dos policiais premiados até a próxima quarta-feira (06/01/21).

– Esse recurso vem de um esforço coordenado do Governo, por meio da Secretaria de Planejamento e Gestão, para otimizar o orçamento da folha de pagamento das polícias, possibilitando o pagamento da premiação, que estava atrasado – ressaltou o governador em exercício do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

As gratificações variam de R$ 700 a R$ 3.000. Os três primeiros colocados do segundo semestre de 2018 por produtividade foram as Áreas Integradas de Segurança (AISPs) 34 (Magé e Guapimirim), 21 (São João de Meriti) e 17 (Ilha do Governador e Cidade Universitária). No primeiro semestre de 2019, foram as AISPs 27 (Paciência, Santa Cruz, Guaratiba, Pedra de Guaratiba e Sepetiba), 37 (Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis) e 34 (Magé e Guapimirim).

Integração para redução da criminalidade

A premiação do Sistema Integrado de Metas e Acompanhamento de Resultados promove a integração entre as polícias e busca os melhores resultados na redução da criminalidade.

– Garantir uma recompensa pelo atingimento dos objetivos estabelecidos é uma das boas práticas da gestão e contribui para a motivação do servidor no exercício da sua função – afirma o secretário de Planejamento e Gestão, José Luís Cardoso Zamith.

São destacados o alcance das metas de produtividade e as boas práticas atingidas pelas unidades das secretarias de Polícia Civil e Polícia Militar nas diferentes regiões do estado, com base em dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Se o Estado me pagasse um bônus eu faria uma limpa nuns 22 aqui do bairro…

  2. Muito bom! Eis profissionais da saúde a frente a pandemia? E os professores?

  3. Antonio Carlos Peludo

    Isso é o começo para o programa de remuneração variável e os bobos ainda acreditam em papai noel . Ficam felizes com sobejos .

Untitled Document
close