sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Ipem/RJ encontra irregularidades em lâmpadas de LED

Ipem/RJ encontra irregularidades em lâmpadas de LED

Matéria publicada em 2 de dezembro de 2019, 12:46 horas

 


Rio de Janeiro – Apesar de serem mais econômicas, as lâmpadas de LED respondem pela maioria das irregularidades entre os tipos de lâmpada fiscalizados pelo IPEM-RJ. Até o dia 21 de novembro, das 102.598 unidades fiscalizadas, 26.795 foram apreendidas ou interditas por não conter o selo do Inmetro. Ou seja, o índice de irregularidade foi de 25%.

Para se ter uma ideia da diferença entre outros tipos, as lâmpadas fluorescentes tiveram, no mesmo período, índice de irregularidade quase nulo. Das 10.406 fiscalizadas, apenas 4 estavam irregulares. No caso das lâmpadas halógenas e das dicróicas todas as fiscalizadas – 21.351 e 7.221, respectivamente – foram aprovadas.

As principais vantagens da lâmpada de LED são a durabilidade e o baixo consumo de energia, o que acaba compensando o custo do produto, geralmente mais elevado. No entanto, a mercadoria precisa ter o selo do Inmetro, que atesta a conformidade técnica. Quem explica a importância do selo é o presidente do IPEM-RJ, Alexandre Valle.

“Além do selo do Inmetro, o consumidor deve checar se as informações como CNPJ e SAC para reclamações estão visíveis na embalagem. Comprar a mercadoria sem a certificação do Inmetro pode trazer mais prejuízo do que economia. Isso porque o item pode não durar o tempo que promete e também pode colocar sua segurança e saúde em risco”, enfatiza.

Ainda de acordo com o presidente, o contrabando é um dos fatores responsáveis pelo alto índice de irregularidades. Como as lâmpadas de LED são importadas, muitas das que chegam não obedecem as normas determinadas pelo Inmetro. “Por isso que intensificamos as operações. Além das ações de rotina, destaco uma operação que fizemos em outubro e que fechou um depósito com mais de 28 mil produtos sem certificação do Inmetro. A Operação Vagalume II, em parceria com a Barreira Fiscal e a Receita Federal, apreendeu, entre outros itens, lâmpadas de LED contrabandeadas”, recorda Alexandre Valle.

Caso a loja esteja comercializando o produto sem a certificação, o IPEM-RJ apreende os itens irregulares e aplica uma multa que varia de acordo com a gravidade da infração.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document