sexta-feira, 20 de setembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Mais Médicos: 1.462 profissionais não se apresentaram aos municípios

Mais Médicos: 1.462 profissionais não se apresentaram aos municípios

Matéria publicada em 11 de janeiro de 2019, 18:29 horas

 


Brasília- O Ministério da Saúde divulgou hoje (11) um balanço que informa que 1.462 profissionais com registro no Brasil e inscritos na segunda chamada do Programa Mais Médicos não se apresentaram nas localidades escolhidas. De acordo com a pasta, 1.087 profissionais se apresentaram aos municípios no prazo definido – entre 7 e 10 de janeiro.
A próxima chamada do programa está prevista para ocorrer nos dias 23 e 24, quando brasileiros graduados no exterior terão a chance de selecionar municípios de alocação pelo site do programa. Nos dias 30 e 31 de janeiro, médicos estrangeiros poderão acessar o sistema e optar por localidades com vagas em aberto.

*Por Paula Laboissière – Repórter da Agência Brasil


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Ainda bem que os médicos cubanos foram embora, pois as pessoas comuns que representam o povo em Cuba vão para outros países quando tem problemas sérios de saúde, pois todos os especialistas são “exportados” para países amigos!
    Se o governo cubano é amigo do governo venezuelano de Maduro, que esses médicos cubanos tenham compaixão do povo venezuelano, que estão morrendo nas filas dos hospitais por falta de médicos e, também, de medicamentos!

  2. Avatar

    Gostaria de saber onde posso adquirir um diploma de medicina , para poder entrar nesse programa “Mais Medikús” e faturar um bom troco. Não sou pobre de direita, pago bem. Caso saibam, favor entrar em contato com meu amigo laranja Queiroz, que vai intermediar a compra do diploma.Afinal, ele ‘vive de negócios”, e “sabe fazer dinheiro”.

  3. Avatar
    Goiaba da ministra pastora.

    É isso aí. Devido a convicções ideológicas idiotas, trocaram o ” Mais médicos” cubanos, formados para salvar vidas em uma das medicinas mais avançadas do mundo, por “Mais Medi_ús” brasileiros, formados para ganhar dinheiro numa das medicinas mais atrasadas e incompetentes do mundo.E, infelizmente, a classe pobre, principalmente aquela que vive em lugares distantes, sen infraestrutura, vai ser enormemente prejudicada. Uma covardia. Os playboys de merda, parasitas, lixo e escória que se elegeram na rabeira de um mito fake, em vez de ficarem encastelados em Brasília ou nas grandes capitais deveriam ficar um mês nessas regiões.para aprenderem o que é ser um brasileiro pobre e esquecido.

Untitled Document