>
segunda-feira, 4 de julho de 2022 - 09:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Ministro do STF quer limite a ato monocrático

Ministro do STF quer limite a ato monocrático

Matéria publicada em 5 de maio de 2020, 09:15 horas

 


Brasília – O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu ao presidente da Corte, Dias Toffoli, que decisões que envolvam atos de competência de outros Poderes passem a ser julgadas pelo plenário. A proposta foi enviada após críticas do Planalto a liminares deferidas monocraticamente, como a que suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem para a chefia da Polícia Federal. “Esforços devem ser feitos visando, tanto quanto possível, preservar a harmonia preconizada constitucionalmente”, disse o ministro.

A proposta do ministro precisa ser votada em plenário.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. EM OUTRAS PALAVRAS…ALEXANDRE DE MORAES FEZ BOBAGEM/

  2. Cidadão de Volta Redonda

    Começando por ele que é o Rei da Monocracia.

  3. É um país de democracia…..porém tem gente querendo apitar em outra área…
    Cuidado, isto pode ser á interferência ….dita

    • Na mais ALTA CORTE do País seus ocupantes são indicados sendo que alguns nem Juízes são. Para bagunçar de vez poderiam indicar esses ADEVOGADOS que nem.conseguem passar na prova da OAB.

    • Severino invejoso

      Estuda que tu chega lá
      Você só reclama, é um nada

Untitled Document