quinta-feira, 27 de janeiro de 2022 - 17:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Pedidos de impeachment contra Bolsonaro dividem siglas de oposição

Pedidos de impeachment contra Bolsonaro dividem siglas de oposição

Matéria publicada em 26 de abril de 2020, 11:24 horas

 


Brasília – As acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, dividiram os partidos de oposição. Diante das revelações de Moro, cada sigla decidiu agir por conta própria, disputando protagonismo no pedido de impeachment. A proposta de um processo conjunto de impedimento do presidente fracassou.

Parlamentares e dirigentes de PDT, PSB e Rede entraram cada um com o seu próprio pedido. Uma parte da bancada do PSOL já havia feito o mesmo semanas atrás. O PT pisou no freio, por orientação do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Em reunião com a presidente do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann, o ex-presidenciável Fernando Haddad, o ex-ministro Aloisio Mercadante e os líderes das bancadas na Câmara e no Senado, Lula orientou o partido a ter cautela diante das revelações de Moro.

Anteontem, o ex-juiz da Lava Jato anunciou sua demissão com um pronunciamento em que acusou Bolsonaro de interferir politicamente na indicação de nomes para chefia da Polícia Federal (PF).

Horas depois, Lula participou de uma reunião com a executiva nacional do partido e outras lideranças na qual ficou decidido que a legenda não entraria isoladamente com um pedido de impeachment. Por outro lado, os petistas não vão se opor à ação e, caso a Câmara abra o processo, vão votar em bloco contra Bolsonaro.

Críticas

Ao longo do dia, o PT dividiu o foco das críticas entre Bolsonaro e Moro, responsável pela sentença que levou o petista a passar um ano e meio preso em Curitiba, no processo do triplex do Guarujá, em que Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Em suas redes sociais, Gleisi comparou a fala de Moro a uma “delação”. Vídeo distribuído por lideranças do partido no início da noite de sexta-feira destacava o “elogio” de Moro a Lula e à ex-presidente Dilma Rousseff.

Em seu discurso de demissão, o ex-ministro da Justiça disse que “apesar dos problemas” de corrupção, os governos petistas mantiveram a autonomia da PF nas investigações.

A falta de unidade entre os partidos de oposição fez naufragar uma iniciativa da direção do PSOL, que tentou articular um pedido de impeachment que seria assinado por juristas, intelectuais e entidades representativas da sociedade civil.

A ideia foi lançada no início da tarde e levada por cada partido para discussões internas. A decisão deveria acontecer na reunião dos presidentes dos partidos, anteontem, mas PDT e PSB sequer participaram da conversa, o PT tirou o pé do acelerador e o PCdoB também.

O PCdoB ainda tentou articular uma ação conjunta, mas também fracassou. Não houve unidade nem sequer para a redação de uma nota conjunta.

“O PSOL apoia todas as formas constitucionais para afastar Bolsonaro, inclusive o impeachment. Passamos o dia buscando costurar um pedido amplo, envolvendo entidades e partidos. Mas, infelizmente, alguns partidos preferiram a inação”, disse o presidente do PSOL, Juliano Medeiros.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

18 comentários

  1. O gado está estupefato e desorientado. Adoravam o rato que pulou fora do barco conduzido por um boçal, igualmente idolatrado. Com a briga dos dois canalhas , estão atordoados. Reparem que não comentam nada contra o Juizeco mentiroso. Ao invés disso, criticam os petistas. Gado incoerente e alienado, sem noção.

  2. Pandemia,Favela,esgoto a ceu aberto,saude precaria,educacao bem mal,desemprego em massa,milicia no poder…ufa que pais e esse?

  3. hans, esquerdista macho de iphone, beija o molusco cachaceiro, zumbi petista kkkkk

  4. Fora Bozo. Miliciano. Pai de bandidos. Escrotizado publicamente. Fora Bozo

  5. — INFELIZMENTE MORO EM UM PAIS QUE O PRESIDENTE BOM TEM QUE SER CORRUPTO LADÃO
    SE ELE FOR FAMILIA E FALAR EM RELIGIÃO OS ESQUERDISTA FICAM ASSANHADINHOS .
    BOLSONARO SO ESTA LIMPANDO A CASA COLOCOU O MORO TRAIRÁ PRA FORA . MAIA E QUESTÃO
    DE TEMPO . ESSA EMISSORA SUJA ORDINÁRIA FEDORENTA FORMA DE FAZER CAPETA PODE AGUARDAR O DELA VEM A CAVALO . BOLSONARO SERA REELEITO EM 2022 DISPARADO . EU AINDA
    ACREDITO NA NAÇÃO BRASILEIRA QUE LUTA PELO UM PAIS MELHOR . SEM CORRUPTOS LULADÃO
    MAIA E GLOBOLIXO . BOLSONARO DISPARADO 2022

  6. Cidadão de Volta Redonda

    Tudo indica que o Vice Mourão está sendo consultado nesse instante pelos “poderes” e “instituições”, para uma eventual substituição presidencial, dando início a um processo que respeitará o devido processo legal e o Estado Democrático de Direito.
    Os fatos atuais são conclusivos, ou seja, bons Ministros saindo significa bons nomes chegando, para consequentemente dar fim ao tresloucamento presidencial em curso.
    Sabemos que vivemos num país muito difícil e precisamos de um líder estadista, verdadeiramente hábil e preparado para transitar nesse meio belicoso e sórdido instalado na política. Esse é o bom combate. Não há outra saída digna. Precisamos de um líder que não precise “apelar” e se equivocar num caminho “aparentemente curativo” que é a ditadura. Isso seria uma crueldade com o povo. Ditadura não interessa à maioria dos brasileiros! É a rota de fuga dos incompetentes, vide Nicolas Maduro e seu povo hoje miserável. Precisamos sim de um presidente estável, capacitado e republicano, que possua palavra, conduta e uma única face. Que não se arcovarde de suas ações “no dia seguinte”. Que não descombine e derrube àqueles que lhe foram bons. O Paulo Guedes talvez seja o próximo!
    Um eventual reposicionamento do Vice Presidente atende tanto aos trâmites democráticos civis, quanto ao gosto do Comando das Forças Armadas.
    Temos que considerar que a despeito dos clamores populares de uma minoria que clama por “intervenção militar”, em parte desconhecedora das entranhas do AI 5, é prudente se fazer compreender que militares não fazem “meia intervenção”. Almirantes, Brigadeiros e Generais jamais se subordinam à Capitães num “Regime Militar”, somente o fazem num Regime Democrático de Direito. Não vai rolar! Inclusive, as Forças Armadas notadamente não tem interesse no poder, querem seguir com suas atividades rotineiras, com a prerrogativa de serem os Guardiões da Constituição, da ordem e da Democracia.
    A Polícia Federal é muito preciosa ao nosso país, o combate às fake news e às milícias devem ser priorizadas, o respeito à saúde pública e a democracia deve ser um compromisso “moral e institucional” notadamente em meio a maior pandemia contemporânea pela qual passamos. Os investidores precisam voltar a acreditar no Brasil.
    Um país não deve ser governado por um “pai instável “, mas sim por um Presidente. O nosso Brasil não é um laboratório de ensaios, muito menos um parque de diversões de uma “família”.
    Tenha certeza, a conta vai chegar!
    Eu respeito as opiniões divergentes e peço vênias aos que pensam diferente. Apesar de eu nunca ter sido Bolsonarista, dei a ele meu voto de confiança no segundo turno, mas infelizmente não acredito mais.

    • B A L E L A

      Um textão para se penitenciar do voto no bozo.

      Pela retórica não parece um bolsominion típico.

      Tenta se justificar do voto jogado fora. Todos sabiam que o bozo era ( e é ) um sujeito despreparado, tosco, ignorante, violento, autoritário, sem a menor condição para exercer a presidência.
      Agora vejo toda esta verborragia para justificar o injustificável.
      Estamos assistindo o fogo no parquinho de camarote. Bem feito !

    • Perfeita sua colocação…

    • Cidadão de Volta Redonda

      Bobagens de Sebastião Mesmo…….fazer o que? Kkkkkk

  7. Kkkklk Não tem preço ouvir os PETISTAS elogiarem o Juiz Moro, sim, aquele que prendeu o Luladrão. Só para lembrar aos
    mais ESQUECIDOS que Lula como Presidente MANDAR tirar o Delegado TUMA FILHO do Comando da PF.Ou seja o Presidente tem esse poder sim.

    • Não tem preço é essa briga do gado bolsomínico x gado morominio.
      Pobre de direita é o Suíno que aplaude o abatedouro.

    • Falou no petista ele vem como um jumento sedento kkkkk mordeu a isca

    • Severino, Verdade!

      Petistas elogiarem o Moro é para rir até quando eles criarem vergonha de não mais pagarem micos ou os cérebros funcionarem. KKKK kkk VAIVENDO é o efeito do pão MAIS mortadela.

      Ficou claro agora do porquê o Moro só deu 17 anos de cadeia e o mandou para prisão VIP em Curitiba.

    • Nao sei se pior é petista elogiando moro ou os bovinos chamando Doria de comunista

    • Muge mais alto, boiada! Aliás, boiadas. Tem a boiada do bozo revoltada contra a boiada do marreco…
      Esse gado dividido só concorda numa coisa: “aiin, mas e o PT?”

    • O delegado Romeu Tuma Júnior foi exonerado do cargo de Secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça. Nesta segunda-feira (14/6), o ministro Paulo Barreto encaminhou a ato de exoneração ao Palácio do Planalto. TUMA JUNIOR É ACUSADO PELA POLICIA FEDERAL DE TER LIGAÇÕES COM O CHINES Li Kwok kwen CONHECIDO COMO Paulo Li APONTADO COMO UM DOS CHEFES DA MÁFIA CHINESA DE SÃO PAULO.
      POR ACASO INDIGENTE, VOCÊ OUVIU FALAR ALGUMA COISA DESTE PALADINO, NESTE GRANDE DELEGADO.? POIS, É; SUMIU.
      INCRÍVEL, SEU CONCEITO DE HONESTIDADE.

    • Aí Severino, que jornal você lendo? Hum!… mas como todo cochinha (xi) analfabeto útil, entende, o que o pilantra mandava, e não discutia, não esqueceu o pilantra (mor), claro; não vai esquecer o PT.

      — Na saída, Moro elogia o PT. — Não precisamos disso, sabemos quem somos, e o que acontece. Roubos, desvios de conduta, não inventamos, provamos. VAI VENDO. OUTRO DIA RESPONDI SEU COMENTÁRIO DE LAMBE LAMBE; COMO SEMPRE. E AÍ, NÃO LEU?

  8. Tem q tirar este imbecil do poder .fazer com ele como fizero com o sadan e o kadaf aí sim o Brasil toma rumo . Valeu

Untitled Document