terça-feira, 14 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / PM que apontou fuzil para manifestante no Rio vai responder administrativamente

PM que apontou fuzil para manifestante no Rio vai responder administrativamente

Matéria publicada em 1 de junho de 2020, 08:29 horas

 


Rio – O policial militar que apontou um fuzil para o rosto de um manifestante desarmado, na tarde deste domingo, vai responder “administrativamente por ter ferido o protocolo interno”, informou a Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro, por meio da assessoria de imprensa. O episódio ocorreu no bairro de Laranjeiras, em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo do Estado, na zona sul carioca.

O manifestante participava de um protesto contra o racismo no Brasil, na mesma linha do que acontece nos últimos dias nos Estados Unidos. No Rio, os participantes pediam o fim da morte de jovens negros nas favelas – como a do menino João Pedro, de 14 anos, morto neste mês durante operação policial no Complexo do Salgueiro, no município de São Gonçalo. Ele estava dentro de casa quando foi atingido.

O protesto na zona sul carioca começou pacificamente, mas, segundo imagens da GloboNews e de vídeos publicados nas redes sociais, tropas da Polícia Militar usaram tiros de borracha e bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes. Em nota, a PM afirmou que, na dispersão da manifestação, “um grupo mais exaltado começou a arremessar pedras no Palácio Guanabara e nos policiais militares”. Argumentou também que um manifestante conseguiu entrar no Palácio e danificou uma viatura.

“Naquele momento, houve necessidade de fazer o uso de instrumento de menor potencial ofensivo para conter os manifestantes. Na ação uma pessoa foi encaminhada para a delegacia”, complementou. O policial que apontou o fuzil para o manifestante atuava no bloqueio do trânsito e na segurança da tropa, de acordo com a PM.

Imagem correu as redes sociais após ser filmada


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar
    Machão só armado

    Vendo esse pm me lembro da música do Bezerra da Silva, “Você com revólver na mão é um bicho feroz,
    sem ele anda rebolando e até muda de voz…

  2. Avatar
    Anencéfalo de extrema direita

    Era manisfesto ANTIRACISMO seus idiotas. Seus analfabetos. Racismo contra o racismo. E o PM tem que cor??? No Brasil tudo é errado. O preto se acha branco. O lojista se acha mega empresário. O pobre se acha rico. Comédia.

  3. Avatar

    Tinha que ganhar uma medalha da PM.

  4. Avatar

    É apontar uma arma, que dá pra atravessar de 7 a 8 carros enfileirados, é além de desproporcional, contudo essa é a arma de guerra que nossas polícias têm para a guerra ao tráfico de drogas e armas, não é só nos EUA como aqui também falta treinamento e preparo para os nossos policiais e isso combinado com o despreparo da nossa população é uma bomba, cabe ressaltar que os EUA nem seriam a nação que é hoje se não fosse por Abraham Lincoln, pois o país, naquela época, queria se dividir da federação, porque o sul queria a escravidão e não aceitavam isso e eles se autodenominavam confederados e até os anos 50 havia segregação racial o que mostra que o histórico de racismo lá é muito maior e mais longo que no Brasil, são realidades bem diferentes.

Untitled Document