sexta-feira, 30 de julho de 2021 - 00:11 h

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / SP entrega mais um milhão de doses da vacina da Coronavac ao Ministério da Saúde

SP entrega mais um milhão de doses da vacina da Coronavac ao Ministério da Saúde

Matéria publicada em 14 de junho de 2021, 11:03 horas

 


A nova entrega tem como prioridade a vacinação das gestantes – Foto: Divulgação.

São Paulo- O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), realizou nesta segunda-feira (14) a entrega de mais um milhão de doses da vacina da Coronavac ao Ministério da Saúde. Segundo ele, o novo lote totaliza 49 milhões de doses já enviadas à pasta. Com os novos imunizantes, o governador reforçou o compromisso de que, até 30 de setembro, o Instituto Butantan e o governo de São Paulo irão entregar 100 milhões de imunizantes para o Ministério.

A coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula, detalhou que a nova entrega tem como prioridade a vacinação das gestantes. Conforme anúncio, serão repassadas 226 mil doses para o grupo no Estado de São Paulo. Regiane pontuou que parte do novo lote também será direcionada para a segunda dose de outros públicos. “Estamos trabalhando fortemente. Chegando as vacinas, estaremos trabalhando também com D1 (dose 1) para mais públicos alvos que vamos abrir”, afirmou Regiane.

Durante a coletiva após a entrega dos imunizantes, o governador paulista também fez novas críticas ao governo Bolsonaro. Doria disse que falta ao presidente “se empenhar mais no trabalho e menos no lazer”, numa crítica à agenda de Jair Bolsonaro. No sábado, dia 12, o presidente participou de um ato com motociclistas na capital paulista, e, no domingo (13) divulgou nas suas redes sociais que estava acompanhando a estreia do Brasil na Copa América.

“A diferença é essa. Aqui nós trabalhamos, enquanto o governo federal procura fazer diversão com motocicleta, jet ski, futebol, aqui nós nos dedicamos ao trabalho”, disse o governador paulista.

Sobre o avanço do plano de imunização no Estado, anunciado no domingo, Doria afirmou que o adiantamento se deve ao planejamento realizados pelo Plana Estadual de Imunização do Estado. “Planejamos bem”, pontuou, atribuindo a aceleração da vacinação no Estado ao “aproveitamento pleno das doses da vacina, disponibilidade de vacinas, disponibilidade de seringas corretas, agulhas, e um sistema operante com profissionais da linha de frente, especialmente as enfermeiras e enfermeiros”.

Neste domingo, o governador anunciou o novo calendário de vacinação do Estado. De acordo com o tucano, toda a população paulista acima dos 18 anos receberá a primeira dose da vacina contra covid-19 até setembro deste ano.

Fonte Agência Estado*.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Não se esqueça, com dinheiro federal kkkk

Untitled Document