quarta-feira, 1 de abril de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Opinião / Investimentos no Sul Fluminense

Investimentos no Sul Fluminense

Matéria publicada em 13 de janeiro de 2020, 22:14 horas

 


Bruno Kazuhiro

O ano de 2020 se inicia com muitos desafios na infraestrutura do estado do Rio de Janeiro e o Sul Fluminense é uma das regiões onde há previsões para desenvolvimento de novos projetos. São iniciativas que atendem a interesses da população em diversas áreas como habitação, segurança, mobilidade e cidadania.
Em uma das frentes, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra), está em tratativa com a prefeitura de Volta Redonda para a instalação no município do primeiro Conjunto Penal Vertical, uma iniciativa inédita que contempla instalações dignas para os detentos, agentes penitenciários e demais servidores a um custo menor do que vinha sendo praticado em gestões anteriores. A ideia é de que o município doe o terreno, enquanto o estado fique responsável pelas intervenções, fazendo da unidade um modelo para todo o Rio. As negociações já estão avançadas.
Outro projeto que está em estudo é a criação de uma estrada que liga a área do Médio Paraíba com a região de Mangaratiba. A via existe atualmente, mas necessita de pavimentação em cerca de 17km. A obra garantirá um corredor mais ágil para o escoamento da produção agrícola e industrial da região para o Porto de Itaguaí, abrindo também uma opção para os produtos do Sul de Minas e do Vale do Paraíba paulista.
Em Barra Mansa, uma parceria entre a Seinfra, o Instituto Estadual de Engenharia e Arquitetura (IEEA) e a Secretaria estadual de Desenvolvimento Social, permitirá a reforma do restaurante popular da cidade. Seguindo um novo conceito, o local passará a ter espaço para cursos profissionalizantes em culinária e gastronomia, sala multiuso e acesso apropriado a pessoas com necessidades especiais. Está prevista ainda a climatização dos espaços, além de mecanismos para captação de água da chuva e hortas verticais. A modernização desta unidade será apenas uma das que passarão por reforma nos próximos anos, iniciativa fundamental para a segurança alimentar.
Já a Companha Estadual de Habitação (CEHAB), órgão vinculado a Seinfra, retomou no ano passado a conclusão de unidades habitacionais em Itatiaia. São obras de infraestrutura e urbanização, que contam com investimento de R$ 644 mil. Em Barra do Piraí, a companhia está finalizando a construção de 42 casas, de um total de 81 unidades, enquanto no município de Pinheiral estão em curso obras de urbanização, com serviços de abastecimento de água potável e esgotamento sanitário, onde são sendo aplicados R$ 1,5 milhão. Por determinação do governador Wilson Witzel, está prevista ainda a realocação de 400 famílias vítimas de enchentes em conjunto habitacional que será construído pela Cehab. O governo do Estado irá cuidar também da reforma de uma ponte sobre o rio Barra Mansa.
Além destes planejamentos já em andamento, a Seinfra recebe diariamente demandas de prefeituras e representantes de toda a região Sul Fluminense. Os projetos são estudados para checagem de viabilidade. No momento atual, tirar intervenções do papel requer mais do que vencer entraves inerentes à administração pública. É preciso atender imposições do Regime de Recuperação Fiscal, acordo que ajuda o Estado, mas limita investimentos. Por isso, para que as ideias se concretizem, o Governo do Estado acredita na realização de parcerias com as prefeituras locais, com outras secretarias e na adoção de projetos com estruturas padronizadas para serem replicadas, baixando os custos. Buscamos ainda valorizar e aproveitar o qualificado funcionalismo do Estado.
Em breve, o Sul Fluminense, assim com outras regiões do estado do Rio, ganhará novos equipamentos entregues pela gestão atual do Estado, o que reflete em melhoria de qualidade de vida da população e geração de renda e emprego. Com trabalho e responsabilidade na administração pública, o estado do Rio já está virando o jogo.

Bruno Kazuhiro é Secretário de Estado de Infraestrutura e Obras do Rio de Janeiro


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    que estrada é essa que sai em mangaratiba? de qual cidade começa essa estrada?

  2. Avatar

    Presídio vertical? Quem é o gênio que propôs isso? A merda que vai dar em caso de rebelião, incêndio! Acessar os andares superiores seria quase impossível. Os amotinados dominariam todo o andar, dificultando a ação dos agentes policias, principalmente snipers. O posto de sentinela, num prédio, seria inviabilizado… Não tem como dar certo, alguém tem que brecar essa loucura!…

    Samuca, já temos duas unidades prisionais e nenhuma contrapartida do estado que compense esses ônus. Mande isso para Resende, Porto Real, Itatiaia ou Barra Mansa, que têm terreno de sobra. Você vai se queimar ainda mais aceitado esse embuste…

Untitled Document