O 'imprescindível' João Miguel da Silva - Diário do Vale
quinta-feira, 23 de setembro de 2021 - 08:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Opinião / O ‘imprescindível’ João Miguel da Silva

O ‘imprescindível’ João Miguel da Silva

Matéria publicada em 17 de fevereiro de 2021, 18:44 horas

 


“Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis”.
A definição do poeta e pensador alemão Bertolt Brecht para os homens “imprescindíveis” cai como uma luva para o nosso amigo e diretor da AAP-VR João Miguel da Silva, que perdemos para a Covid 19, no último dia 15 de fevereiro.

Diretor e voluntário em diversas instituições, presidente do Grupo de Ação Voluntária da Associação, coordenador da Rede de Solidariedade, visitante contumaz de asilos, pronto, a qualquer momento, para ajudar o próximo, João Miguel não veio ao mundo a passeio, embora fosse alegre e gostasse de viajar.

Participante ativo do Movimento dos Aposentados, foi diretor, também, da Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do Estado do Rio de Janeiro e era um dos primeiros a se apresentar nas manifestações em favor dos direitos da classe.

Se fôssemos escrever tudo o que João Miguel fez na vida, gastaríamos todo o espaço desta página e ainda ficaria muita coisa por dizer. Aliás, nada mais apropriado do que o seu nome na Instituição de Longa Permanência administrada pela AAP-VR, já que asilo é sinônimo de carinho e preocupação com o semelhante, duas das muitas qualidades do “imprescindível” João Miguel da Silva.

Se podemos dizer a alguém “obrigado por você ter existido”, esse alguém se chama João Miguel da Silva.

Sim, se chama, porque seu exemplo de vida o faz presente e isso a Covid não pode nos tirar.

Por Mauro Veríssimo


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document