>
terça-feira, 5 de julho de 2022 - 22:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Chuva forte deixa o Rio em estágio de atenção

Chuva forte deixa o Rio em estágio de atenção

Matéria publicada em 3 de março de 2019, 21:19 horas

 


Rio- O Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 17h40 deste domingo (3) devido a uma forte chuva na região da Baixada Fluminense e também no município.

O Sistema de Alerta Rio prevê para as próximas horas chuva forte, ocasionalmente forte, podendo vir acompanhadas de raios e rajadas de vento. Com o temporal, vários blocos de carnaval que desfilariam agora à noite cancelaram as apresentações.

O Estágio de Atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

A chuva se deslocou rapidamente da zona sul da cidade para as zonas norte e sul, deixando várias ruas completamente alagadas.

A Defesa Civil municipal informou que 32 sirenes foram acionadas em 21 comunidades da cidade. Na Ponte Rio-Niterói também chove forte e os motoristas são obrigados a trafegar com a velocidade reduzida, principalmente no vão central, devido à ventania.

A estação meteorológica do Aeroporto Santos Dumont, na região central da cidade, registrou rajada de vento forte, que atingiu 61,2 km/h, pouco depois das 18h. Choveu forte também no Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da cidade. Há bolsões de água na Avenida Borges de Medeiros, altura da Rua Saturnino de Brito.

A Avenida Brasil, principal ligação da zona portuária com as zonas norte e oeste da cidade está com vários bolsões de água entre Manguinhos e Benfica e com várias interdições no trecho. Há congestionamento no trecho, devido ao alagamento das pistas.

O Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que circula entre a região central e a zona portuária do Rio está com a Linha 1funcionando parcialmente entre as estações da Praia Formosa e a Parada dos Museus. A Linha 2 do VLT que liga À Praça XV à Rodoviária Novo Rio está fora de operação, devido ao temporal.

Por medida de segurança, a Avenida Niemeyer foi fechada ao tráfego de veículos. A via liga o Leblon ao bairro de São Conrado. A opção para os motoristas é utilizar a Autoestrada Lagoa-Barra.

O Rio Maracanã transbordou, na altura da Avenida Maracanã, devido ao grande volume de chuva que desceu do Maciço da Tijuca.

O Sistema Alerta Rio informa que os núcleos de chuva forte a muito forte avançaram em direção ao oceano e a previsão para as próximas horas é de redução na intensidade da chuva. Mas, no litoral ainda podem ocorrer registros de chuva forte.

No início de fevereiro, um temporal atingiu a cidade do Rio de Janeiro, deixando sete mortos e casas destruídas, ruas alagadas e diversas vias interditadas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. nao sejamos pessimista ,,,,,é a época das chuvas ,,,sabe quem é os grande culpados??????? NÒS que jogamos pela janela do carro o lixo que deveria esta no lixo ,,,,aí vem o verão e começa tudo de novo
    Aqui em volta redonda tá + ou – assim !!!!!!

  2. Esse é o Brasil que eu quero

    Esse bispo da Universal faz um bom trabalho, aumentou o IPTU em 100% e a cidade está uma imundície.

Untitled Document