segunda-feira, 19 de abril de 2021 - 10:33 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Justiça suspende retorno de aulas presenciais em escolas do Rio

Justiça suspende retorno de aulas presenciais em escolas do Rio

Matéria publicada em 5 de abril de 2021, 07:37 horas

 


Escolas reabrem no Rio de JaneiroRio de Janeiro – A Justiça do Rio de Janeiro determinou a suspensão do retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas que funcionam no município do Rio. Creches e outros estabelecimentos de ensino estavam autorizados a abrir a partir de hoje (5), por um decreto municipal, depois do feriado de dez dias no estado.

A decisão, em caráter liminar, foi tomada pelo Plantão Judiciário ontem (4), a pedido de um grupo de vereadores e deputados estaduais. O Ministério Público do Rio (MPRJ) se opôs à suspensão.

A Justiça considerou que o município do Rio está classificado como bandeira roxa (risco muito alto para a covid-19) e que a taxa de ocupação de leitos de UTI para a doença é considerado “crítico” em todo o estado.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar

    Infelizmente é uma decisão super difícil, onde os pais tem que trabalhar e não tem com quem deixar os filhos. Os empresários obrigam os funcionários a trabalharem, e os bebês e crianças ficam com quem? Não tem babá sobrando por aí, ainda mais de confiança. Não dá pra deixar com alguém da família pois trabalham também…então, pra vcs que pedem pra fechar as escolas, me diz uma solução ae…

  2. Avatar
    Victor Hugo de Almeida De Almeida

    Em resende tudo normal …não existe covid as aulas voltaram …100% dos leitos vazios

  3. Avatar

    O mesmo tem que ser feito em Volta Redonda, essas crianças que voltarem para o presencial vão distribuir covid.

    Crianças não cumprem. Protocolos.

    Nenhum protocolo é 100% seguro.

    Não tem vagas em hospitais.

    Se os pais não zelam pelas crianças o Estado tem que zelar.

  4. Avatar

    Uma coisa é a pessoa pegar covid de forma alheia a sua vontade, como transporte e serviço, mas me revolta ver que tem pais , inclusive instruídos que levaram suas crianças nas praças sem mascaras para sociabilizarem com outras crianças sem máscara.

    A pracinha do Etpc , domingo estava cheio de adultos e crianças sem mascara.

    O que essas pessoas tem na cabeça?

    E isso mesmo com todos os leitos lotados no privado e no público.

  5. Avatar
    Hora de ficar no remoto, abril será triste

    Decisão acertiva.

    Não era pra ter aula no vermelho, imagine no roxo.

    Não temos leitos, o sistema está sobrecarregado para covid e para outras doenças, acidentes, enfim.

    Quanto maior a sociabilizacao, maior o número de pessoas contaminadas.

    Se a criança na Castrofolia ficou na rua , ela voltando para o presencial irá contaminar colegas e professores.

    Crianças pegam covid e transitem.

    O estado tem que zelar pela saúde publica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document