'Maio Amarelo': Campanha visa reduzir número de acidentes no trânsito - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 05:13 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / ‘Maio Amarelo’: Campanha visa reduzir número de acidentes no trânsito

‘Maio Amarelo’: Campanha visa reduzir número de acidentes no trânsito

Matéria publicada em 3 de maio de 2019, 18:35 horas

 


Segunda edição da campanha ‘Maio Amarelo’ é lançada em BM
(Foto: Paulo Dimas-Secom)

Barra Mansa- A conscientização e prevenção no trânsito são fundamentais para evitar acidentes, por isso, Barra Mansa adere à segunda edição da campanha universal “Maio Amarelo”, com ações que visam diminuir os índices de acidentes na cidade. De acordo com a Guarda Municipal este ano, até o momento, foram registrados 182 acidentes sem vítimas. Em 2018, foram contabilizados 515 acidentes.
A campanha promove na semana que vem, dia 16 (quinta-feira), uma caminhada nas Ruas do Centro envolvendo empresas e escolas.
De acordo com o coordenador do Programa de Educação de Trânsito de Barra Mansa, o inspetor Agostinho Silva, em Barra Mansa, a campanha foi lançada em 2017 e, desde então, a Guarda Municipal vem desenvolvendo anualmente ações que visam diminuir os índices no município.
– Serão trinta dias dedicados à conscientização e prevenção às mortes causadas pelos acidentes de trânsito. Assim é o Maio Amarelo, campanha de caráter universal que nasceu com o objetivo de conscientizar as pessoas para um trânsito mais seguro, humano e responsável – disse.
De acordo com o inspetor Agostinho Silva, o Brasil é o quarto pais onde há os maiores índices de morte no trânsito.
– O objetivo dessa campanha é exatamente reduzir esses números. Cerca de 50 mil pessoas morrem anualmente no país vítimas de acidente automobilístico. Mesmo com a força dessa ação os números em relação ao ano passado não sofreu queda – relatou.
Para o comandante da Guarda Municipal de Barra Mansa, Joel Valcir, o Maio Amarelo é uma forma de chamar atenção para a conscientização que deve ser desenvolvida durante o ano inteiro.
– Foi separado um mês para dar foco no assunto, porém ações que visem diminuir esse quantitativo são desenvolvidas todos os dias do ano. Nosso trabalho, além de monitorar o trânsito, é de reforçar a atenção do motorista para que ele não corra risco e nem ofereça as outras pessoas – posicionou Joel.
O coordenador do Programa de Educação de Trânsito Agostinho Silva ainda falou sobre as principais causas de acidentes no trânsito no município.
– Devido a quantidade de veículos que trafegam diariamente por toda cidade, é necessário redobrar a atenção. Mas as principais causas de acidentes com mortes são: excesso de velocidade, bebida e uso de celular no volante, respectivamente nessa ordem – finalizou o guarda.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Muito bom mesmo a companha, mas o trânsito do nosso Brasil precisa melhorar e muito: respeito, bom censo, tolerância, respeito as leis de trânsito.

  2. Barra Mansa só tem jumento atrás do volante, dar sinal de seta é motivo de aplausos.

    O psicotécnico do DETRAN não serve pra NADA!

Untitled Document