;
sábado, 5 de dezembro de 2020 - 00:24 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Ministério da Ciência e Tecnologia confirma que Nitazoxanida é eficaz contra Covid-19

Ministério da Ciência e Tecnologia confirma que Nitazoxanida é eficaz contra Covid-19

Matéria publicada em 19 de outubro de 2020, 18:35 horas

 


Medicamento é o mesmo que gerou protocolo adotado com sucesso em Volta Redonda desde junho

Ministro Marcos Pontes anuncia resultado de estudos com a nitazoxanida
(Imagem: Reprodução)

 

Volta Redonda – A Agência Brasil informou nesta segunda (19) que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) concluiu o estudo clínico com o uso do medicamento nitazoxanida em pacientes na fase precoce da covid-19.O MCTI iniciou as pesquisas com a nitazoxanida que se basearam em um estudo do Laboratório Nacional de Biociências do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social vinculada ao ministério, que com o uso de inteligência artificial e biologia computacional, iniciou estudos com o reposicionamento de fármacos.

O medicamento é utilizado desde junho em Volta Redonda para tratamento precoce dos pacientes do grupo de risco para a Covid-19 sendo ministrado em até dois dias dos primeiros sintomas para evitar a evolução da doença. Cerca de 400 pessoas já utilizaram a Nitazoxanida na cidade.Isso o agravamento dos sintomas, evitando internações e óbitos.

Em 29 de junho, a prefeitura anunciou um convênio com a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) com a finalidade de adotar um protocolo para o tratamento da Covid-19. Os moradores que tiveram testes confirmados para o novo coronavírus serão tratados com a Nitazoxanida, que já está sendo usada em diversos casos. Edimilson Migowski, infectologista da UFRJ, foi quem firmou o convênio com a prefeitura: “Estamos com mais de 300 pacientes tratados com a nitazoxanida. Com a medicação, a probabilidade de evoluir para alguma sequela ou morte é extremamente improvável”, disse o médico.

As pesquisas realizadas pelos profissionais de saúde identificaram a nitazoxanida, usada principalmente como antiparasitária, como um possível medicamento para combater a Covid-19. De acordo com Migwski, o remédio atua como um antiviral de amplo espectro e pode combater, além da Covid-19, doenças virais como dengue, zika e chicungunha.

A secretária municipal de Saúde, Flávia Lipke, disse em reportagem publicada no dia 7 de outubro pelo DIÁRIO DO VALE que é fundamental procurar a unidade de referência para a Covid-19 mais próxima de casa ao notar os primeiros sintomas indicativos da doença. “O tratamento com Nitazoxanida é priorizado para pessoas acima de 40 anos com comorbidades – doenças que podem agravar o quadro da Covid-19, e os pacientes que fazem parte do grupo de risco para a doença, principalmente idosos e pessoas com doenças crônicas. A administração do medicamento é iniciada assim que identificados sintomas da Covid-19, antes mesmo da chegada do resultado do teste de swab, colhido na unidade de saúde”, frisou.

Os Centros de Triagem para atendimento de casos suspeitos da Covid-19 em Volta Redonda são as Unidades Básicas de Saúde dos bairros 249, São João, Vila Mury e Volta Grande, que ficam abertas das 8h às 22h, além do Centro de Doenças Respiratórias (CDR), que passou a funcionar em anexo ao Hospital do Idoso, das 8h às 19h.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Notícia sem comprovação eficazmente comprovada. Cientificamente não é assim que se prova a eficácia de uma medicação. Faltam os dados todos. Notícia horrível apesar de parecer realmente eficaz.vergonha alheia a divulgação. Usaram imagens de um gráfico já existente numa plataforma. Situação esdrúxula

  2. Avatar

    Se é bom pro Covid não sei, mas pelo menos mata os vermes.

Untitled Document