quinta-feira, 2 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / MP pede fiscalização mais rigorosa à prefeitura de Barra Mansa nas medidas de prevenção a Covid-19

MP pede fiscalização mais rigorosa à prefeitura de Barra Mansa nas medidas de prevenção a Covid-19

Matéria publicada em 4 de junho de 2020, 20:41 horas

 


Barra Mansa- O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, disse em transmissão ao vivo nas redes sociais na noite desta quinta-feira, dia 04, que o Ministério Público (MP) solicitou à prefeitura uma fiscalização mais rigorosa em relação as medidas de prevenção a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Há publicações nas redes sociais de moradores dentro de estabelecimentos comerciais, como, por exemplo, em bares, sem máscaras e com aglomerações, descumprindo a determinação da prefeitura. Essas imagens e denúncias fizeram o Ministério Público reforçar o pedido de fiscalização em Barra Mansa para que na próxima terça-feira, dia 09, a Justiça possa autorizar um novo acordo de flexibilização comercial no município, no que se refere a reabertura de academias e igrejas, incluindo o retorno da Feira Livre.

Rodrigo Drable disse que surpreendido com esse pedido e que esperava que o Ministério Público já autorizasse um novo acordo nesta quinta-feira. O prefeito disse que a fiscalização será intensificada em Barra Mansa e pediu a colaboração de toda a sociedade para atuar junto aos fiscais, lembrando o uso da máscara de proteção e evitando aglomerações nos espaços, dando o devido distanciamento das demais pessoas.

Barra Mansa confirma 17º óbito por coronavírus

O município confirmou o 17º óbito por coronavírus nesta quinta-feira, dia 03, há outras três mortes suspeitas sob investigação. A prefeitura não informou detalhes sobre a vítima. Barra Mansa tem 221 casos confirmados da Covid-19, sendo que 130 pacientes podem ser considerados recuperados, após cumprirem o isolamento domiciliar de 14 dias sem apresentar piora no quadro de sintomas.

Há dois pacientes positivos internados e 10 suspeitos. A cidade tem ainda 35 suspeitos em isolamento domiciliar. De acordo com o boletim epidemiológico foram feitos 730 exames e 562 resultados deram negativos para a doença.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar
    Viva o rio Paraiba

    A fila do Banco Itaú estava com gente sem respeitar o distanciamento hoje 05/06/20. Os funcionários da Pref., de colete verde, ficam só de grupinho conversando, mexendo no celular e não organizam nada! Cadê o Secretário de ordem pública que não está vendo isso…! Afinal eles foram contratados pra que?!

    • Avatar
      Nadir Quirina Teixeira

      A colonia tem bares com agromeraçoes a noite,ficam bebendo e comendo todos juntos,e ouvindo musicas . siderlandia tbm tem agromeraçoes a noite nos bares e butecos.

  2. Avatar

    Tem buteco aberto, igrejas funcionando com portas fechadas, tinham lojas abertas qdo nao deveriam estar, funcionario sem mascaras em padarias, lojas, gente fingindo q joga alcool nas maos de quem entra, povo comendo dentro dos estabelecimentos, povo q nao respeita distanciamento, bancos lotados… dizem q esta tdo sob controle, mas eh balela. Uma bagunça, é so sair na rua q encontra um monte. Fiscalizaçao onde q nunca viu isso?? Procura nos bairros entao q a coisa piora! Deus nos acuda.

  3. Avatar

    Rodrigo Drable agora virou secretário, quem está no controle da prefeitura agora é DEUS, vide faixa na fachada do estabelecimento. estamos tranquilos!

  4. Avatar

    Pessoas estão trabalhando no comércio com o vírus… E comércio abertos sabendo que funcionários estão afastados por covid. Infelizmente está uma bagunça. Estamos desesperados com esse descaso com a população em relação ao prefeito que não está fiscalizando.

    • Avatar
      Zuleika Silva de Souza

      Passa cobrar multa quando dói no no bolso começa a melhorar.

      Até pra aqueles que estiver sem máscara na rua
      Alimenta a fiscalização até nos bairro . Nós fazemos a nossa parte
      E os outros não fazem.

  5. Avatar

    Fiscalizar o que se ninguém está respeitando nada. Bares vendendo cachaças, lojas pequenas e sem limites de distanciamento, supermercados liderou tudo não tem limites de pessoas dentro do estabelecimento aglomerações nas seções e nos caixas e os fiscais municipais fazendo vista grossa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document