quarta-feira, 20 de outubro de 2021 - 06:45 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Sedentarismo e falta de incentivo são as principais causas da evasão

Sedentarismo e falta de incentivo são as principais causas da evasão

Matéria publicada em 2 de fevereiro de 2020, 10:03 horas

 


Falta de incentivo dos professores pode contribuir para a evasão de algumas academias – Foto: Júlio Amaral

Volta Redonda- A Associação Brasileira de Academias de Ginástica (ACAD) destacou um dado interessante: cerca de 60% dos alunos que se matriculam desistem nos primeiros 45 dias de atividades. Tal movimento é confirmado nas academias da região, que buscam formas de incentivar os alunos a permanecerem ativos.

De acordo com a professora de educação física Gabriela Neiva, que há quatro anos e meio é proprietária de uma academia de CrossFit no Aterrado, a desistência nos primeiros meses ou dias é comum em qualquer academia.
– Acredito que como as pessoas estão cada vez mais sedentárias, isso atrapalha a mudar este hábito, mesmo iniciando numa academia. A baixa experiência ou histórico de pouca atividade física influencia nesta mudança. Já no caso do crossFit, a desistência também ocorre no início, mas em menor intensidade, algo em torno de 30 a 40% nos primeiros meses – disse.

Para a professora, geralmente isso acontece com pessoas que tem dificuldades para incluir o exercício físico em sua rotina. Outro motivo que desestimula a continuação nas atividades físicas, segundo ela, é a percepção de dor e cansaço nas primeiras semanas de atividades. “Para tentar mudar esta perspectiva, eu procuro mostrar aos alunos os resultados que vêm com a prática de exercício. Isso motiva a não desistir. Em quase cinco anos de atividades, já passaram pela academia cerca de 500 pessoas e em torno de 40% permanecem. É uma retenção muito boa. Acredito que um acompanhamento diferenciado dos alunos é outro fator que ajuda a motivá-los”, destaca.

Na opinião do professor de educação física Romário Alexandre, que trabalha em uma academia de musculação na Avenida Paulo de Frontin, é comum neste início de verão e antes do Carnaval alguns alunos se matricularem, frequentarem a academia por cerca de um mês ou mais e depois desistirem.

– Diversos fatores contribuem para isso, entre eles a desmotivação e a falta de hábito em malhar. E como é verão, alguns alunos buscam academias para melhorar a estética e emagrecer. Atingindo este objetivo ou mesmo antes de atingi-los alguns desistem. Cerca de 40 a 50% acabam desistindo em poucos dias de atividades. A média de permanência de um aluno na academia é em torno de 10 meses no máximo – destaca.

O professor lembra que 40% dos que optam pelo plano anual desistem antes mesmo de completar o período. “Como professor, procuro incentivar estes alunos com informações sobre alimentação e orientações sobre exercícios para que eles vejam os resultados, fiquem animados e não desistam”, esclarece.
Há três meses treinando, a psicóloga Ana Carolina de Faria, de 22 anos, afirma que atualmente se sente realizada com a atividade física que optou.

-Já pratiquei balé e frequentei academias de musculação por algum período, mas foi no crossFit que eu me identifiquei melhor com a atividade física. Aqui eu percebo uma atenção maior do professor e isso me motiva a praticar cada vez mais. Outro fator é a variedade de exercícios – elogia.

A auxiliar de escritório Vitória Correia afirma que já pratica exercícios há dois anos, e ao longo deste período já passou por diversas academias. “Acredito que o que desmotiva a prática de exercício não é exatamente a academia, mas sim o próprio aluno. No meu caso, eu não gosto de atividade física, mas faço para manter a estética. No caso desta academia de musculação, eu me identifiquei com ela porque tem profissionais que me motivam. Acredito que a falta de motivação e incentivo dos professores também influencia na continuação ou não das atividades. Em tudo que alguém faz sem motivação não há continuidade” opina.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Muitos abandonam por motivos de viagens principalmente nas férias.
    Algumas pessoas entram nas academias em busca de manter o corpo sarado para curtir as férias numa praia..
    Depois das férias eles voltam é só começar as aulas

  2. Capeta da grota do Santa cruz

    E por vezes culpa de vocês mesmos professores que impõem um RITMO elevado para os exercícios que leva a exaustão e por vezes até mesmo ao hospital. Conhecido tá na UTI por conta do CROSSFIT

Untitled Document