terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 02:28 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Servidores fazem mutirão para doar sangue em meio à crise da Covid-19

Servidores fazem mutirão para doar sangue em meio à crise da Covid-19

Matéria publicada em 7 de abril de 2020, 18:09 horas

 


Hemonúcleo de Volta Redonda registra redução de 40% no estoque no período de quarentena

Funcionários da Secretaria Municipal de Serviços Públicos doam sangue
(Foto: Secom)

Volta Redonda– Servidores da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP) fizeram um mutirão para doar sangue nesta terça-feira (07) no Hemonúcleo de Volta Redonda, localizado no Hospital São João Batista. Em função da quarentena, o local está com estoque 40% abaixo do normal, informou a coordenação da unidade.

Durante a semana, a Guarda Municipal também irá participar da iniciativa. De acordo com o secretário de Segurança Pública, Antônio Jorge Goulart, a iniciativa visa contribuir com a saúde no município por meio da solidariedade.

– Dentro do contexto da segurança auxiliar diretamente a saúde pública, surgiu a ideia dos integrantes da secretaria da doação de sangue para aqueles que necessitam de ajuda, ainda mais nesse período crítico de pandemia do coronavírus. Com essa ação voluntariosa e de amor ao próximo, a SESP sente-se, ainda mais, com a sensação do dever cumprido – disse o secretário.

A coordenadora de Operações da SESP, Priscila Monteiro Barbosa, foi uma das doadoras.

– O hábito de doar sangue surgiu ao longo dos anos de trabalho na Guarda Municipal de Volta Redonda. Hoje, em especial, representando a SESP, o ato de doar sangue representa o comprometimento e a consciência dos profissionais da área de segurança em contribuir um pouco mais nesse momento de fragilidade. É uma ocasião muito importante para a união e para compartilhar com o próximo – disse Monteiro.

Agendamento

As doações podem ser agendadas através do telefone: (24) 3343-2994, de segunda a sexta-feira das 7h às 13h. O Hemonúcleo está tomando os cuidados necessários para garantir a segurança dos doadores e agendando grupos compostos por até sete pessoas, oferecendo álcool em gel durante o processo da doação e seguindo as normas de distanciamento dentro da recepção e nas cadeiras nas salas de coleta.

Doação

Para doar sangue, o interessado precisa sentir-se bem, estar saudável, apresentar documento com foto. Em caso de menor de idade, é necessária autorização do responsável, que pode ser adquirida no próprio Hemonúcleo e, a apresentação de documento original do responsável. O doador também deve ter entre 16 e 69 anos e ter peso acima de 50 kg.

Estão impedidos de doar aqueles que tiveram diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade, mulheres grávidas ou que estejam amamentando, e pessoas expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como Aids, hepatite, sífilis e doença de Chagas.

Ações de segurança

A secretária também está atuando nas ações de enfrentamento ao coronavírus e fiscalizando o cumprimento dos decretos pelo comércio. O trabalho é feito em conjunto com a Polícia Militar, Guarda Municipal e fiscais da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF).

– Estamos seguindo as orientações do prefeito Samuca Silva e realizando ações conjuntas e rotineiras para fiscalizar o cumprimento do decreto Municipal 16.082/2020 e o Decreto estadual 47.006/2020 quanto ao fechamento ou regulamentação do funcionamento do comércio e demais estabelecimentos que possam promover aglomeração de pessoas. Inegavelmente, essas ações de fiscalização e segurança estão contribuindo para a diminuição da propagação da doença Covid-19 em Volta Redonda – finalizou o secretário.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Elderson da Silva

    Favor corrigir:

    Secretaria Extraordinária de Segurança Pública.

    Parabéns aos nossos amigos da SESP.

Untitled Document