domingo, 24 de outubro de 2021 - 19:54 h

TEMPO REAL

 

Doçura

Matéria publicada em 20 de abril de 2021, 09:02 horas

 


E agora vejo
Uma história desde o começo
Cresce da pequena parte de tudo
Sorri no primeiro momento de vida pro mundo
Chora mais pra manha que fome
Brinca de dormir boneca de pano
Chama gritando meu nome

Agora vejo uma doçura de olhos puxados
Um criança que anda seus primeiros passos
Uma miudinha que pula nos meus braços

E agora eu vejo
O que completa minha infância
Meu sonho de criança
Torna mais lindo um soneto

Cresça e apareça
Faça e aconteça
Seja com certeza
A mais linda flor que tenho
O mais lindo momento

E agora vejo
O que vale a pena do desejo
O que me supre a necessidade do amor
O que me enche de felicidade
Nem sinto minha idade
Mas já sinto saudade…

Por V.F.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document