sexta-feira, 22 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Aman realiza demonstração de força e tiros de armas coletivas

Aman realiza demonstração de força e tiros de armas coletivas

Matéria publicada em 13 de novembro de 2018, 10:14 horas

 


Demonstração de força e tiros na Aman fazem parte do treino na academia. (crédito Divulgação)

Resende – A Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende, realiza a partir das 13h30, desta terça-feira, 13, demonstração de força e tiro de armas coletivas. Trata-se de uma manobra escolar, considerado o mais importante exercício de simulação de combate do sistema de ensino do Exército Brasileiro.

O exercício militar será na Pista Andrade Neves, na AMAN. A Demonstração de Força e Tiro das Armas Coletivas, que será realizada hoje à tarde, encerram as atividades no terreno da Manobra Escolar 2018.

Serão executados tiros de Artilharia, com o lançador de mísseis ASTROS e de Cavalaria – com o blindado Leopard. Serão desdobrados meios de Engenharia e o voo das Aeronaves de combate.

Além dos militares envolvidos no exercício, participarão  da demonstração de força, os estudantes de jornalismo, alunos do Estágio de Correspondentes de Assuntos Militares.

Preparação para o evento

Os 4.300 militares mobilizados estiveram durante 192 horas em atividade no terreno, atiraram com 55.950 cartuchos de munições dos mais diversos calibres, consumiram 14.952 refeições em ração operacional.

Além disso, movimentaram-se em 550 viaturas, que consumiram 23.287 litros de combustível, tiveram à sua disposição 10 aeronaves, que executaram 105 horas de voo.

– Os grandiosos números expressam a preocupação do DECEx em formar exemplarmente seu material humano, sem poupar esforços logísticos e operacionais para que tenham contato com os mais modernos meios e armamentos em utilização pelo Exército Brasileiro – diz nota da AMAN..


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

11 comentários

  1. Avatar

    o verdadeiro elefante branco, um cabide de empregos que não servem para nada.. olha o Rio um caos !

  2. Avatar

    Quero ver essa marra lá no Complexo do Alemão. Demonstração de “força”, como foi colocado, dá a impressão q é para intimidar o cidadão trabalhador, esse sim, fica intimidado c essa ” demonstração de força “, porém a bandidagem, não está nem aí.p essa valentia.

  3. Avatar

    Nunca ouvi falar nessa tal de AMAM, ouvi falar sim em
    AMAN ( Academia Militar das Agulhas Negras) kkk

  4. Avatar

    Se eu la estivesse com meu estilingue de aço made in csn, faria mais sucesso que esse tal de astro. Ha ha ha ha ha!!!

  5. Avatar

    O correto é AMAN e nao AMAM.
    Academia Militar das Agulhas Negras.

  6. Avatar

    País atrasado de universitários analfabetos funcionais, classe média arcaica e elite cretina.

  7. Avatar

    Pessoal passando fome, desempregado e ficam gastando dinheiro pra força armada que nem conseguiu resolver o crime no rio de janeiro imagina em uma guerra, nunca vi um exército que não protege nem as fronteiras mas gastaram milhões no haiti, eu não moro lá moro no brasil é vergonhoso

  8. Avatar

    Tem que fechar isso, só da prejuízo e gasto publico ! Falei

  9. Avatar

    Na boa gente, acuidade visual, não é demonstração de força e sim de uma nação que está com poderia bélico ultrapassado, pois as guerras de hoje em dia não têm mais espaço para atiradores, tanques e outros blindados óbvios, pois a guerra de hoje usa recursos modernos com a utilização massiva de armas aéreas e de satélites que marcam os pontos onde os mísseis devem atingir e com precisão cirúrgica, diante do que é praticado lá fora, o quanto nossas forças seriam párias, para outras nações superiores a nossa, sendo que a última vez que nos defendemos de agressores externos foi na guerra do Paraguay? Atualmente, ao menos o exército, virou um cabide de empregos, se precisássemos mesmo deles estaríamos ferrados, dada o declínio dessa força desde os anos 80, época em que ainda havia tecnologia como os “Astros”.

  10. Avatar

    Uma pena que esse tipo de exercício militar não é aberto ao público, com certeza incentivaria os jovens para a carreira militar

Untitled Document