domingo, 5 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Armas de caça e pássaros são apreendidos após denúncias do Linha Verde

Armas de caça e pássaros são apreendidos após denúncias do Linha Verde

Matéria publicada em 2 de junho de 2020, 15:16 horas

 


Paracambi – Duas espingardas, dois trabucos, quatro cartuchos de calibre 28, duas maritacas maracanã, dois trinca ferros, um sairá e um coleiro foram apreendidos nesta segunda-feira (1) em Paracambi, após denúncia feita ao Linha Verde (0300 253 1177), programa do Disque Denúncia voltado para meio ambiente, sobre caça de animais silvestres com uso ilegal de arma de fogo.

De acordo com a denúncia, o caseiro do Sítio Himalaia, localizado na Estrada Fazendeiro, na Ponte Coberta, juntamente com seu filho, tinha o hábito de caçar animais silvestres, invadindo inclusive outras propriedades para tal fim. A informação do Linha Verde foi encaminhada à policiais militares que procederam então ao local. Já no sítio, indagaram o caseiro a respeito da denúncia e, durante fiscalização, encontraram alguns pássaros da fauna silvestres pendurados na varada, além de dois trabucos. Ele informou que possuía mais duas espingardas, mas que não tinha nenhum registro ou autorização para tal porte, bem como licenças para manter os pássaros em cativeiro. Diante dos fatos, os policiais procederam à 52ªDP, onde a ocorrência foi registrada.

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando crimes ambientais no Estado do Rio através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ”, enviando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato.

Duas espingardas, dois trabucos, quatro cartuchos de calibre 28, duas maritacas maracanã, dois trinca ferros, um sairá e um coleiro foram apreendidos (Foto: Divulgação)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document