sábado, 27 de novembro de 2021 - 23:38 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Áudios com ameaças de ataque provocam pânico em Volta Redonda

Áudios com ameaças de ataque provocam pânico em Volta Redonda

Matéria publicada em 11 de agosto de 2015, 10:36 horas

 


Comandante descartou ameaças que teriam sido feitas por causa de morte do traficante ‘Playboy’, no Rio

vila vazia site

Vila Santa Cecília: Clima era tranquilo no início da noite, quando supostos criminosos divulgaram que fariam ataques
(Fotos: Paulo Dimas)

Volta Redonda – Áudios com ameaças de um suposto ataque que aconteceria na noite de ontem (10), por volta das 19 horas, na Vila Santa Cecília, causou pânico entre os moradores de Volta Redonda e cidades vizinhas. Nas postagens feitas num aplicativo e redes sociais, supostos criminosos ameaçaram matar moradores e 50 policiais em retaliação à morte do traficante Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, ocorrida sábado, no Complexo da Pedreira, no Rio, após troca tiros com policiais.

No início da tarde, após tomar os boatos tomarem grandes proporções, o comandante do 28º Batalhão da PM, tenente-coronel Luís Cláudio Regis, deu declarações tranquilizando a população: “Essas mensagens não fazem o menor sentido e qualquer pessoa pode ter veiculado tais áudios. A polícia está atenta a qualquer situação que fuja da normalidade e possa se transformar numa ameaça potencialmente verdadeira”, afirmou.

Regis disse que, mesmo assim, reforçou a segurança em alguns pontos de Volta Redonda, colocando carros da PM, principalmente na Vila Santa Cecília, onde, segundo um dos áudios, supostos bandidos iriam assassinar quem estivesse no local. O militar também colocou viaturas no bairro Jardim Belvedere que também seria alvo dos bandidos, segundo os áudios.

De acordo com o policial, a morte de Playboy não poderia ser motivo para que pessoas se aproveitassem para praticar crimes e provocar pânico entre os moradores.

O comandante do 28º BPM explicou que ainda que a facção criminosa da qual Playboy pertencia, que foi citada num dos áudios, não tem ramificação em Volta Redonda. Por isso, Regis afirmou que não existia motivo para a população ficar aterrorizada.

– Foi reforçada a segurança em determinados locais porque a divulgação dos áudios gerou insegurança e intranquilidade entre os moradores. Isso não significava que as gravações fossem ser concretizadas. A população pode ficar tranquila porque não houve nenhuma confirmação desses boatos – reforçou Regis.

Também às 19 horas, horário marcado para o início dos supostos ataques, nada de anormal ocorreu.

– Todas as ameaças estavam direcionadas para Volta Redonda – disse o comandante, descartando atos de violência também nas cidades vizinhas.

Sem registro

O delegado adjunto da 93ª DP (Volta Redonda), Marcio Leandro Figueiroa, afirmou que até início da noite de ontem não houve nenhum registro de ocorrência que tivesse relação com as ameaças.

A assessoria de imprensa do 37º Batalhão da PM (Resende) também confirmou que tudo não passou de um boato: “Como em Volta Redonda, Resende também não tem ramificação da ADA (Amigos dos Amigos) a qual Playboy pertencia e que ameaçava invadir as duas cidades”, informou um porta-voz.

Mais cedo para casa

Mesmo com a presença da polícia e a informação de que o áudio se tratava de um boato, algumas pessoas foram dispensados mais cedo do trabalho. Médicos que trabalham em consultórios na Vila Santa Cecília cancelaram os atendimentos e muitos pacientes simplesmente não compareceram com medo de que o boato pudesse ser verdade. E pior: algumas pessoas postaram em redes sociais uma fotografia, feita no início deste ano, onde carros do Bope (Batalhão de Operações Especiais) aparecem parados em frente ao escritório central da CSN, como se fosse atual. A foto, de janeiro deste ano, foi feita quando os policiais vieram à cidade por causa de um sequestro de uma moradora do bairro Conforto, ocorrido na época.

policia na rua em ferente ao shopping (9)

Sem ocorrências: Comandante do 28º Batalhão mandou reforçar policiamento na Vila para tranquilizar população do município

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

26 comentários

  1. PLATÃO, O FILÓSOFO

    Ter bom senso é fundamental. O boato já fez muito estrago ao longa da história de humanidade. Bom senso, por favor, tenhamos bom senso.

  2. Sim. Talvez porque no interior não vivenciamos, ainda, a rotina violenta e tensa de cidades como Rio e São Paulo, cuja violência é banalizada. Triste realidade. Se assim for, prefiro ser caipira do interior.

  3. kkkkkkkkkkkkkk, Cambada de otário! kkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Pensei que tivesse sido o traficante Playboy que perdeu uma eleição recentemente…

  5. Depois o o pessoal de Volta Redonda fica tirando onda que a cidade é uma metrópole, cambada de caipiras trochas, cuidado com a CUCA, MULA SEM CABEÇA E LOBISOMEM.

  6. as gravações podiam até ser uma brincadeira de mal gosto, mas a reação das pessoas mostra como esta a sensação coletiva de segurança e isso merece atenção das autoridades.

  7. Perfeito. Típico de cidade do interior. Povinho bobinho do interior. Província.

  8. Eu não duvido de nada nesta vida! pelo sim… pelo não, preferi ficar em casa mesmo! É melhor ser uma medrosa vida!!! Conheço um monte de valentão q já está a 7 palmas debaixo da terra faz tempo kkkk

  9. Tipico de cidade do interior!!!!

  10. Bandido que e bandido não a visa o que vai fazer me poupe meu povo bando de medrosos
    Fala serio tudo e questão de raciocínio

  11. Palhaçada…. brasileiro adora um circo. Qualquer um via que isso era brincadeira.

  12. Bom… no meu ponto de vista acho sim que avisaram. Vou explicar o porq.
    Se o alvo deles eram policiais ( 50) e claro que a visariam sim, pois só dessa forma conseguiriam matar tantos PMs juntos num só lugar. Por isso a ordem de recolher. Dessa forma quem ficasse e porq queria morrer msm.
    Que fique bem claro que não estou dizendo que os áudios são vverídico mas sim que fazem sentido.
    Pelo sim pelo não fiquei na minha casa pois minha vida e muito preciosa para arriscar.

  13. ignorante uma ova so nao é bao pagar para ver
    temos familia ………..

  14. Bem vamos fazer uma análise sobre o ocorrido. Os inocentes cidadãos, que se borraram, acham mesmo que algum delinquente irá marcar local, dia e hora para praticar algum crime e postar isso numa rede social ou aplicativo de mensagens???!! Por exemplo: Começa a circular freneticamente, um áudio informando que no dia 22 deste mês a agência do banco “X” será assaltada exatamente às 17:00h. Ou mesmo: vou cometer um estupro contra Astrogilda no próximo domingo às 20:00h nas proximidades da ETPC. Ou poderia ser mais brando também: Vou dirigir meu carro placa xxx , sem documentos, e depois de ingerir 1 lata de cerveja na segunda feira às 14:00h próximo da Rodoviária…. ACORDA GALERA E PÁRA DE ACREDITAR EM TUDO QUE SE OUVE E QUE SE LÊ NAS REDES SOCIAIS!!!!

  15. A policia que faça a sua parte, mas e se fosse verdade, quem vai ser o primeiro a querer sofrer as consequências de atos dos marginais? seguro morreu de velho, até que prove o contrario ser prudente não custa nada.

  16. se eles tivessem vindo mesmo o armamento das policias tinham falhado pq os bandidos estao mais armados do que a policia

  17. o povo esta certo so que se eles tivessem vindo os revolveres das policias nao ia valer nada

  18. Entendo que será difícil a identificação dos responsáveis pelos áudios, mas que eles sejam autuados pela polícia por conta de todo impacto que eles causaram a população de volta redonda.

    E que o povo acredite menos nessas conversinhas de whatsapp.

  19. EITA POVINHO DESPROVIDO DE DISCERNIMENTO! ACREDITA EM QUALQUER COISA!

  20. O povo é muito ingênio, pelo amor de Deus !! Acredita em tudo que lê, que ouve…

    • Esse e o cenário da falta de educação e respeito ao proximo, esse whats e o facebook eo fim do mundo. SALVE – SE QUEM TEM A CABEÇA NO LUGAR.

Untitled Document