quarta-feira, 5 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Bandidos tentam arrombar academia em Volta Redonda

Bandidos tentam arrombar academia em Volta Redonda

Matéria publicada em 14 de abril de 2020, 16:32 horas

 


Empresários afirmam que seguem preocupados com a segurança no município devido o isolamento social provocado pelo Covid-19

Volta Redonda – Empresários de Volta Redonda entraram em contato com o DIÁRIO DO VALE, através das redes sociais, para denunciarem uma situação que vêm preocupando comerciantes e moradores do município, devido o isolamento social provocado pelo Covid-19. Segundo Fernanda Alves, gestora de uma academia localizada no bairro Retiro, o estabelecimento quase foi furtado entre a tarde de domingo (12) e segunda-feira (13), após tentarem arrombar uma das travas da porta de vidro do imóvel.

A gestora disse que a academia possui câmeras de segurança, e que, tanto ela, quanto seu marido, proprietário do imóvel, ainda não conseguiram encontrar a imagem captada no momento da tentativa de arrombamento, devido a extensão do período de gravação.

– Ao chegar na academia na segunda-feira, por volta de 12h, descobri que tinham tentado arrombar a porta. Isso tem acontecido em outros comércios também. Só não conseguiram entrar na academia porque a porta tem mais de uma tranca. Temos câmeras de segurança e estamos olhando as imagens para tentarmos descobrir em qual momento isso aconteceu, e claro, identificar o responsável. Isso deve ter acontecido entre 17h de domingo, até pouco antes de 12h de segunda. Como a rua está menos movimentada devido a quarentena, não temos certeza em qual horário isso aconteceu. Pode ter sido durante a madrugada também. Só vamos descobrir com as imagens do circuito interno – explicou.

De acordo com Fernanda, a dúvida que paira entre comerciantes e moradores de Volta Redonda é sobre o patrulhamento da Polícia Militar neste período; além da insegurança em relação à quarentena. A gerente relata sua preocupação quanto a outros crimes que podem aumentar neste período.

– Quem está pelas empresas? São famílias sendo afetadas direta e indiretamente. Os empresários, além de sofrerem com as empresas fechadas, sem saber se conseguirão reabrir sem faturamento, ainda têm que lidar com o abandono da cidade. Isso é tão cruel! E é uma questão que afeta todos os cidadãos. A essa altura, os bandidos já perceberam o descaso e vulnerabilidade a qual estamos expostos. Certamente isso tende a crescer, e a população, além de lidar com a crise financeira e o medo por conta da pandemia, está perdendo a paz também. E se não houver patrulhamento, o índice de violência vai aumentar, inclusive doméstica. Além de roubos, furtos e tráfico – comentou.

A gestora explica que ainda não registrou o caso na delegacia. ”Ainda não registramos o que aconteceu na 93ª DP e vamos fazer o boletim pela internet. Fomos informados que apenas casos em flagrante estão sendo registrados na delegacia. Como estamos buscando as imagens das câmeras de segurança, pretendemos levar às autoridades provas que identifiquem o responsável”, finalizou.

Devido à restrição adotada pela Polícia Civil neste período de pandemia, como forma de prevenção ao contágio do Covid-19, um plano de enfrentamento à doença foi adotado pelos agentes desde o dia 13 de março. Com a medida, crimes com menor potencial ofensivo podem ser registrados fora da unidade. Os registros devem ser realizados pela delegacia online: https://dedic.pcivil.rj.gov.br.

Tentaram arrombar a porta da academia (Foto: Arquivo pessoal)

Nota da Polícia Militar

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou ao DIÁRIO DO VALE que o policiamento ostensivo segue atuando nas ruas. Além das ações rotineiras que cabem ao patrulhamento, a atuação também foi intensificada em pontos com maior concentração de áreas comerciais. ”É importante ressaltarmos que todas as ações operacionais são planejadas a partir de dados colhidos e processados pelo setor de inteligência da Corporação e que atuamos de forma preventiva”, concluiu a nota.

Patrulhamento ostensivo

Em outra ocasião, a mesma assessoria informou ao DIÁRIO DO VALE que o policiamento no município de Volta Redonda é realizado diuturnamente com viaturas e motocicletas, sempre com o objetivo de coibir ações de criminosos. De acordo com dados divulgados pelo setor de inteligência da unidade, as estratégias demonstram uma queda de índices criminais de 50.0% no número total de roubo de rua na área do Batalhão, contabilizando os três primeiros meses do ano, se comparado com o mesmo período de 2019.

– Ressaltamos como de fundamental importância a colaboração da população com o registro de ocorrências em delegacias para a transmissão de informações que possam conduzir às autoridades aos trâmites investigativos necessários para a prisão dos criminosos. Nossa Central 190 e o Disque Denúncia do Batalhão – 0800 0260 667 – também seguem à disposição em tempo integral – disse a nota do Batalhão.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    E ai seu gestor estamos na mao da bandidagem onde esta a nossa segurança. Criou a secretaria de segurança publica pra que ? voce realmente e um pessimo gestor

  2. Avatar

    — DEVIDO A FALTA DE CIRCULAÇÃO DE PESSOAS A PM TERIA QUE COLOCAR MAIS VIATURA PARA
    TRANSITAR AS MADRUGADAS OS NÚMEROS DE ASSALTOS ESTÃO AUMENTANDO

  3. Avatar

    Eu quero receber notícias de volta Redonda e Barra mansa obrigado.

  4. Avatar

    As 05:00 há da manhã na Av. Amaral Peixoto no ponto de ônibus proximo ao posto AP ficamos sem segurança, não passa viatura policial, um perigo para quem esta aguardando condução.

Untitled Document