>
sábado, 28 de maio de 2022 - 01:13 h

TEMPO REAL

 

Capa / manchete4 / Batida entre carro e carreta deixa trânsito lento em Volta Redonda

Batida entre carro e carreta deixa trânsito lento em Volta Redonda

Matéria publicada em 13 de março de 2015, 12:02 horas

 


Volta Redonda –

 

Foto: Thaís Fraga

Acidente: Trânsito fica congestionado no Aterrado, sentido Vila Santa Cecília Foto: Thaís Fraga

Uma batida envolvendo um carro e uma carreta deixou o trânsito congestionado hoje (13), no bairro Aterrado, sentido Vila Santa Cecília, próximo ao viaduto Nossa Senhora das Graças. O acidente ocorreu por volta das 10h e o engarrafamento durou cerca de 15 minutos. A Guarda Municipal foi acionada e conseguiu normatizar o tráfego na via. Haviam quatro pessoas dentro do carro, e na carreta apenas o motorista, mas não houve feridos.

A Guarda explicou que a carreta, placa AWM0663, e um celta prata, placa HEI1483,  estavam fazendo a curva para subir no viaduto, quando a carreta imprensou o carro na mureta da via e foi arrastando o veículo, que teve a lateral completamente amassada. O motorista do carro, Wanderley de Brito, contou que apesar de não ter nenhum ferido, foi um grande susto.

– Nós estávamos subindo o viaduto e eu não podia acelerar, se não a carreta batia na minha traseira. Então, o motorista não me viu, porque a carreta é muito alta, e me espremeu na mureta, não deu tempo de “pular fora”, foi me arrastando, achei que ia morrer ali. Depois nós tentamos abrir a porta e não conseguimos, pois estava amassada – contou o motorista, lamentando o estrago no carro.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Celta é pior que fusca,kkkkkkk.

  2. Eu não entendi o por quê do motorista do celta não acelerar para evitar a carreta bater na traseira. Vai ver ele não conseguiu andar e a carreta ao ultrapassar lambeu a sua lateral. Será que o celta parou na subida por ser carro fraco, ainda mais com 04 ocupantes?

    Carros temos demais em VR, mas condutores…

  3. Eu vivo dizendo que os motoristas de VR dirigem como se estivessem numa pista de corrida!

Untitled Document
close