terça-feira, 12 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Pagode da Zero Grau é suspenso

Pagode da Zero Grau é suspenso

Matéria publicada em 5 de agosto de 2016, 17:25 horas

 


Reunião na prefeitura decide que boate pode ser interditada se não corrigir irregularidades em 15 dias

No gabinete: Reunião com representantes de diversos setores discutem reclamações geradas pelo funcionamento da boate (Foto: ACS)

No gabinete: Reunião com representantes de diversos setores discutem reclamações geradas pelo funcionamento da boate (Foto: ACS)

Volta Redonda – Uma reunião realizada ontem na Secretaria de Fazenda entre representantes da prefeitura e moradores do entorno da boate Zero Grau, no Aterrado, definiu que fica definitivamente suspenso o show de pagode que vinha sendo promovido no local, aos sábados de tarde, uma vez que difere do horário de funcionamento permitido pelo alvará emitido pela Prefeitura. Os outros eventos promovidos pela boate vão continuar normalmente. Um termo de compromisso deu prazo de 15 dias à boate para corrigir irregularidades encontradas, sob pena de interdição.
Os sócios da boate Zero Grau informaram que atualmente o local está arrendado, porém a nova situação da empresa não foi informada ao poder público.
Participaram da reunião, além dos representantes da boate e da Secretaria de Fazenda, uma empresa administradora dos prédios próximos; Polícia Civil; sócios da boate, o subcomandante do 28º BPM, coronel Mauro e o comandante da Guarda, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa.
De acordo com os quatro síndicos dos prédios que ficam bem próximos à casa noturna a acústica da boate é boa. Além disso, eles reclamaram dos ambulantes que ficam do lado de fora vendendo bebidas alcoólicas, inclusive para menores. Outra queixa é o som alto dos carros e brigas constantes, que estariam sendo marcadas por meio de redes socais.
– Os piores dias são as madrugadas de sábado e de domingo, quando não conseguimos dormir e os veículos são constantes alvos de vândalos. Sem contar que ouvimos, mais de uma vez, tiros dados para o alto – disse um dos participantes da reunião.
De acordo com Luiz Henrique, a Guarda Municipal já ficará no local por pelo menos 30 dias e o comércio ambulante ilegal não será permitido, assim como serão coibidos o estacionamento irregular e o som abusivo.
A Polícia Militar vai trabalhar de forma integrada com a Guarda, fazendo o monitoramento do entorno com o policiamento ostensivo. Já a Polícia Civil vai fazer a investigação de denúncias como o uso de terrenos próximos para a prática de crimes, como o atentado violento ao pudor, entre outros delitos.
O representante da Secretaria de Meio Ambiente, Mauricio Costa, informou que a boate, apesar de ter sido multada por causa de poluição sonora, cumpriu as exigências e está dentro dos padrões de acústica previsto por lei, “mas vamos continuar fiscalizando”, afirmou ele.
– Ficou marcada uma próxima reunião para daqui a um mês, onde iremos analisar todo o trabalho feito para verificar se precisamos continuar com o trabalho, se teremos que fazer algum ajuste ou se tudo ficou a contento – finalizou o comandante da Guarda.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

17 comentários

  1. Avatar

    Essa boate foi aquela que mataram um na porta?

    Que esse sábado teve pagode de novo?

    Que está cagando pra prefeitura e guarda municipal?

  2. Avatar

    Tem alguém querendo confetes !!! A boate nada tem haver com isso, se ela tem alvara, isolamento acústico e cumpriu com todas as exigências,não pode ser penalizada. A responsabilidade é da segurança pública. Carro com som alto é o que mais tem na cidade. Nossa guarda municipal não consegue fiscalizar isso….

    • Avatar

      Mais e a boate com seus usuários que trazem os desordeiros pra atrapalhar o nosso sucego e sim ela é responsável por eles sim ….

  3. Avatar

    Menos uma porcaria que se vai, e vai tarde …
    Lugar de música ruim e gente feia …
    Chega de funk e pagode nessa cidade, cultura inútil!

  4. Avatar

    A população quer reclamar da boate mas a culpa é da prefeitura que não coloca um policiamento adequado nas ruas! A boate não pode ser responsabilizada pelos vendedores ambulantes que ficam por ali e muito menos pelos sem noção que ficam com o som alto no carro!!!! Se a guarda e a polícia estiver com mais frequência ali isso não acontecerá mais!

    • Avatar

      policiamento é responsabilidade do estado e nao da prefeitura.

    • Avatar

      Vc imagina se a GM e a PM ficar de plantão em cada porta de boteco vigiando ambulante e carro com som alto?? A prefeitura teria que chamar o EXERCÍTO pra ter tanto efetivo e a responsabilidade desses é sim de responsabilidade do dono do estabelecimento. …

  5. Avatar

    Concordo plenamente com você Tiago vc falou tudo… e não é por falta de denúncias pois toda semana é feita…tem um monte de boate so que com alvará de boteco e quem sofre somos nós Moradores com a baderna na nossas ruas e sem contar com o uso de drogas ao ar livre ..Vamos da um jeito Prefeito ….Moro no Nove de Abril terra de ninguém. …

  6. Avatar

    Fecha essa titica, limpa o terreno ao lado que é a cara de Volta Redonda, um lixo.

  7. Avatar

    Tinha que fechar de vez, á um absurdo que o interesse Econômico fale mais alto do que o bem estar dos moradores.

  8. Avatar

    Parabéns a cidade de Volta Redonda, que pelo menos tenta manter a ordem nos eventos e estabelecimentos.

    Enquanto isso, EM BARRA MANSA, a DESORDEM continua, com BARES COM MESAS NA CALÇADA, IGREJAS E BARES COM SOM ALTO sem o devido tratamento acústico, etc….

    ORDEM PÚBLICA NA CIDADE DE BARRA MANSA não existe, aliás, tá na hora do ministério público e a polícia apurarem mais coisas, como prevaricação e etc…

  9. Avatar

    Isso é um absurdo pois a cidade ja não tem nada e o pouco que tem querem tirar, essa boate não é ruim e administração passada mudou e melhorou muito ali . São pessoas que não gostam de lazer que vem reclamando porque é um bando de pessoas que não tem cultura e só sabem criticar

    • Avatar

      Você chama aglomeração de gente fazendo baderna na rua , som alto dos carros , brigas , ambulantes ilegais de cultura , deve ser mais um dos que não queriam o fechamento do MINC , cultura só é cultura se for associada a educação !

    • Avatar

      se isso é cultura..preciso rever meus conceitos entao

    • Avatar

      Desde quando botequim é cultura? Fala serio. Quer lazer? vai pra Disney.

    • Avatar
      Cidadão voltaredondense

      Ô Fabricio, quer lazer, vai pra B. Mansa, é pertinho.

Untitled Document