sexta-feira, 14 de maio de 2021 - 03:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Central de Custódia de Volta Redonda ganha computadores para identificação civil de presos

Central de Custódia de Volta Redonda ganha computadores para identificação civil de presos

Matéria publicada em 13 de abril de 2021, 17:53 horas

 


Volta Redonda – Atualmente, 6,5% dos 53 mil presos do Estado do Rio de Janeiro não possuem identificação civil. Para auxiliar na solução do problema, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) doou seis computadores portáteis ao Departamento de Trânsito do Estado do Rio (Detran- RJ). Os equipamentos serão instalados nas centrais de custódia de Benfica, de Campos dos Goytacazes e de Volta Redonda e irão permitir o cadastro biométrico e a identificação civil dos presos.

Os notebooks foram entregues recentemente pela juíza auxiliar da Corregedoria Geral da Justiça Renata Guarino e pelo juiz Marcelo Oliveira ao vice-presidente do Detran, Leonardo Morais, e ao diretor de Identificação Civil do departamento, Pedro Thompson. De acordo com o juiz Marcelo Oliveira, a iniciativa segue as recomendações do programa Fazendo Justiça, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que prevê que os detentos tenham acesso aos documentos civis básicos.

“A iniciativa permitirá a primeira construção da cidadania dos internos. A primeira etapa do projeto é impedir que os presos entrem no sistema prisional sem a identificação civil”, explicou o juiz Marcelo Oliveira.

Para o vice-presidente do Detran, Leonardo Morais, a parceria suprime uma deficiência no sistema de registro civil de presos.

“Nós pretendemos que todos os detentos tenham sua cidadania, sua identificação civil. Estamos felizes por participar desse momento e nos colocamos à disposição do Tribunal de Justiça”, declarou.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document