quarta-feira, 23 de setembro de 2020 - 09:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Coronel da PM toma posse como novo comandante do 28º Batalhão 

Coronel da PM toma posse como novo comandante do 28º Batalhão 

Matéria publicada em 7 de janeiro de 2016, 18:11 horas

 


Cerimônia: Luiz Claudio Regis (à esquerda) passa o comando do 28º BPM a César Augusto (à direita) ; passagem foi realizada pelo comandante Igor Magalhães (ao fundo) (Foto: Paulo Dimas)

Cerimônia: Luiz Claudio Regis (à esquerda) passa o comando do 28º BPM a César Augusto (à direita) ; passagem foi realizada pelo comandante Igor Magalhães (ao fundo) (Foto: Paulo Dimas)

Volta Redonda – O comandante do 5º CPA (Comando de Policiamento de Área), Igor Magalhães, presidiu na tarde desta quinta-feira (7), a passagem de comando do 28º Batalhão da Polícia Militar (Volta Redonda). O novo comandante é o coronel César Augusto de Souza Rosa, de 52 anos. Ele substitui o tenente-coronel Luiz Claudio dos Santos Regis, de 45, que vai assumir o comando do 33º BPM (Angra dos Reis).

A cerimônia foi na sede do 28º BPM, no bairro Voldac. César Augusto, que veio do 10º BPM (Barra do Piraí), já trabalhou há 11 anos como chefe do Serviço de Inteligência (P-2), em Volta Redonda. O militar também já foi chefe da Coordenação de Inteligência do 4º BPM (São Cristóvão), e trabalhou ainda no 6º BPM (Tijuca), 17º BPM (Ilha do Governador), 20º BPM (Mesquita), 15º BPM (Caxias), 22º (Benfica) e 29º BPM (Itaperuna), além do 5ª CPA (Comando de Policiamento de Área), em Volta Redonda.

O novo comandante, que mora no Sul Fluminense, disse que, embora, tenha trabalhado muito tempo em Volta Redonda, muita coisa mudou após ele deixar a corporação em 2001.

– Quando cheguei ao 28º BPM, o bairro Vale Verde estava sendo implantado. Hoje é mundo – exemplificou César Augusto que vai comandar o policiamento ostensivo em Volta Redonda, Barra Mansa e Pinheiral.

O novo comandante disse que veio para combater a criminalidade, principalmente o tráfico de drogas e não dará trégua para aqueles que vivem na marginalidade.

Já o tenente-coronel Luiz Claudio Regis, disse que deixa o comando do 28º Batalhão após ter conseguido reduzir os índices de criminalidade, e sem que nenhum PM fosse morto em confrontos com bandidos. Ele também mencionou que conseguir reduzir os homicídios.

Ele está consciente de que seu trabalho será aduo à frente do 33ª BPM. Segundo o militar, em Angra dos Reis existe uma guerra de facções e que tem ligações com traficantes do Rio, que dão apoio e suporte logístico.

A passagem de comando foi acompanhada pelos pais e a mulher de César Augusto e também pelo delegado Francisco Benitez, diretor do 5º DPA (Departamento de Polícia de Área), e a vereadora América Tereza (PMDB).

Troca de comandantes em Resende
e Barra do Piraí será nesta sexta

E nesta sexta-feira (8) acontece a passagem de comando do 37º BPM (Resende). A cerimônia está marcada para as 11h, na sede do batalhão, e contará com as presenças do tenente-coronel Wagner Moretzsohn, que assumirá o 10º BPM e passará o comando do 37º para o tenente-coronel Paulo Roberto Neves Junior, que deixa o 33º BPM (Angra dos Reis).  Ambos estavam presentes na cerimônia realizada nesta quinta-feira no 28º BPM.
Moretzsohn disse que ficou responsável por dois anos pelo policiamento ostensivo em quatro cidades “ordeiras” (Resende, Itatiaia, Porto Real e Quatis), onde a incidência criminal é baixa, e que, manter o pequeno índice de criminalidade foi seu desafio.
– Mesmo assim consegui reduzir ainda mais esse índice, alcançando no ano passado a meta estabelecida pela Secretaria de Segurança Pública. Já no 10º BPM a área de policiamento é mais extensa (nove municípios), mas onde a criminalidade também é baixa, devido às cidades também serem ordeiras – analisou Moretzsohn.
O tenente-coronel Paulo Roberto Neves Junior volta a trabalhar no 37º BPM, onde já esteve há quatro anos. Segundo ele, a área qual vai assumir o comando nesta sexta-feira é mais tranquila em comparação com Angra dos Reis, onde as ações criminosas são muito parecidas com as do Rio.
– Mesmo assim consegui apreender quatro fuzis e reduzir a criminalidade na região da Costa Verde, e também alcançar as metas de redução de criminalidade estipuladas pelo secretário de Segurança Pública – comentou Paulo Roberto.

Mudança: Moretzsohn (à esquerda) dá lugar a Paulo Roberto Neves Junior (à direita) no batalhão de Resende (37º BPM) (Foto: Paulo Dimas)

Mudança: Moretzsohn (à esquerda) dá lugar a Paulo Roberto Neves Junior (à direita) no batalhão de Resende (37º BPM) (Foto: Paulo Dimas)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Até onde sei,a maior patente atingida por um militar da PM, força auxiliar, é Tenente Coronel.

  2. Avatar
    Marcelo Ruela Nunes

    Cel Paulo Roberto, gente boa! Que Deus abençoe seu trabalho a frente do 37ºBPM

  3. Avatar

    Ten. Cel. Paulo Roberto, assim como o Ten. Cel. Moretzsohn fez enquanto esteve à frente do 37 BPM, olhe para o bairro Jardim do Sol em Resende, onde o tráfico de drogas existe e está em crescimento e os moradores não tem nenhuma segurança em relação as suas residências, que estão sendo invadidas constantemente por indivíduos residentes nas proximidades.
    No mais, sucesso aos dois nos seus novos comandos.

  4. Avatar
    De olho!!!!!!!!!!!

    assuma coronel e de um sacode na cotiara em barra mansa!!!!!!

Untitled Document