terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Corpo de cabo da PM morto em Volta Redonda será sepultado nesta quarta-feira

Corpo de cabo da PM morto em Volta Redonda será sepultado nesta quarta-feira

Matéria publicada em 22 de janeiro de 2020, 09:43 horas

 


Valença – O corpo do cabo Leonardo Pinho, da Polícia Militar, que morreu durante um confronto ocorrido na madrugada desta quarta-feira, dia 22, em Volta Redonda, será sepultado ainda hoje, às 17 horas, em Valença. O sepultamento será no Cemitério Riachuelo, na Rua Cel Cardoso, 300, no bairro Esplanada do Cruzeiro.

Pinho, que tinha 29 anos, e mais um policial foram abordar dois homens que estavam em uma moto, em atitude suspeita no bairro Padre Josimo. No momento da abordagem, um dos homens que estava na moto atirou contra Pinho, que morreu ainda dentro da viatura. O tiro teria atingido Pinho na cabeça. Houve revide e Marcos Camilo também foi atingido, morrendo também local. Marcos Camilo era irmão de Marcelo Camilo, o “Marcelo Paraíba”, que dominou o tráfico de drogas no Padre Josimo na década de 90. Atualmente, segundo a polícia, Marcos havia assumido o posto de líder da venda de drogas e contra ele havia um mandado de prisão em aberto.

Em nota, a Secretaria de Estado de Polícia Militar lamentou a morte do cabo Leonardo Pinho da Silva:

Confira a nota: 

A Secretaria de Estado de Polícia Militar lamenta a morte do Cabo Leonardo Pinho da Silva, ocorrida na madrugada desta quarta-feira (22/01), em Volta Redonda.

Policiais do 28ºBPM (Volta Redonda) realizavam patrulhamento na Rua 15, no bairro Padre Josimo, quando avistaram dois indivíduos suspeitos em uma motocicleta. Os policiais tentaram realizar abordagem e neste momento os criminosos efetuaram disparos de arma de fogo contra a equipe, que revidou. O cabo Pinho foi atingido e, infelizmente, não resistiu aos ferimentos. Além do agente, um suspeito foi ferido e também foi a óbito no local.

O cabo Pinho tinha 29 anos, estava na Corporação desde 2011, era lotado no 28ºBPM (Volta Redonda) e deixa noiva. O velório acontecerá hoje, às 17h, no Cemitério Riachuelo, no bairro Esplanada do Cruzeiro, em Valença.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    Isso corporação, mantenham o título de policia que mais mata no Brasil e ganhando de troco o título de policia que mais morre. Saiam matando geral, e quando se fala em geral, temos sempre inocentes envolvidos, plantam a semente do ódio e vejam o que vão colher adiante….. se vcs ainda não pararam pra perceber que essas consequencias de “hoje” já são frutos de anos anteriores … bandido no RJ hoje sabe que se derem mole, são executados ao invés de presos, entre a grande possibilidade de ser executado ou tentar matar aquele que provavelmente pode assassina-lo … o quê que ele decide ??

  2. Avatar
    Roberto RPM do Brasil

    Desgraça maldita de traficantes, malditos usuários que incentivam e alimentam essa raça maldita de covardes, no Padre Josimo está cheio dessa raça maldita, uma lista completa com endereço, nomes desses ratos vão chegar para as forças de segurança. A limpa vai ser feita 3 para 1.

    • Avatar

      Uns morrem lutando como heróis que são e outros insistem em ficar pegando dinheiro semanal de traficante. Triste fim do guerreiro e para os que estão na mão do tráfico ficam esperto pois a Justiça divina não falha.

    • Avatar

      ISSO MESMO BETINHO…ESSAS PRAGAS INOJAM ,UM DIA O PJ SERA UM BOM LUGAR DE SE MORAR E SEM ESSAS PORCARIAS QUE MATAM NOSSAS CRIANCASE NOSSOS HEROIS!!

  3. Avatar

    Entra lá e limpa tudo. Faca na caveira.

  4. Avatar

    Questao de honra para esse comandante desse batalhao ir no local e da a resposta que o estado espera tem que apurar direito e rever essa tecnica de abordagem que foi feita sera que esse policial deixou de cumprir algum patrao …….minhas sinceras condolencias a familia do cabo e a corporaçao que perde um menino cumprindo o dever de proteger e servir ….luto em volta redonda. …

    • Avatar

      O problema que a sociedade só dá valor a capital e volta redonda é a capital do sul fluminense . Aqui já era para ter um helicóptero do SUS e um da polícia milita.r . Volta redonda é a capital do sul fluminense Ainda falta implantação do trem regional e do aeroporto regional . Cadê o deputado Furtado ? Cadê um helicóptero da PM para da apoio ? Cadê o trem regional ?? Cadê o aeroporto regional ??

Untitled Document