quarta-feira, 16 de junho de 2021 - 14:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Mulher que caiu de prédio em Volta Redonda está em coma

Mulher que caiu de prédio em Volta Redonda está em coma

Matéria publicada em 18 de agosto de 2016, 15:03 horas

 


Vítima, que não teve o nome divulgado, sofreu traumatismo craniano ao cair de uma altura de aproximadamente sete metros

Conjunto Residencial Ingá II fica no bairro Santa Cruz, em Volta Redonda (Foto: Cedida pela Prefeitura de Volta Redonda)

Conjunto Residencial Ingá II fica no bairro Santa Cruz, em Volta Redonda (Foto: Cedida pela Prefeitura de Volta Redonda)

Volta Redonda – A delegada da Deam-VR (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Volta Redonda, Maria Madalena Carnevale, disse que está aguardando a recuperação da mulher de 43 anos que caiu, na madrugada desta quinta-feira (18), de um prédio no Conjunto Habitacional Ingá II, no bairro Santa Cruz. A vítima, que não teve o nome divulgado pela delegada, sofreu traumatismo craniano, está em coma e internada no Hospital São João Batista.

Maria Madalena disse que a mulher caiu de uma altura aproximada de sete metros, da janela da sala do apartamento dela, localizado no terceiro andar. A polícia investiga para saber se o caso foi acidental, causado por um terceiro ou até por ela mesma. A mulher mora com o marido e os dois filhos.
– Ele (o marido) negou ter jogado a mulher pela sala do apartamento. Fui informada de que o casal faz uso de bebida alcoólica e drogas. Os filhos disseram que a mãe está depressiva – disse.

Maria Madalena instaurou um inquérito para apurar o caso, mas disse que ninguém até o momento foi indiciado. Ela afirmou que vai aguardar a recuperação da vítima para saber o que realmente ocorreu. Uma perícia foi feita no imóvel, mas nenhum prova circunstancial foi encontrada.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document