Dentista é preso suspeito de matar ex-namorada grávida - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 04:47 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Dentista é preso suspeito de matar ex-namorada grávida

Dentista é preso suspeito de matar ex-namorada grávida

Matéria publicada em 26 de junho de 2017, 08:00 horas

 


Vítima: Nathalie estava grávida de três meses do suspeito e desaparecida desde a última quinta-feira (Foto: Reprodução/Facebook)

Vítima: Nathalie estava grávida de três meses do suspeito e desaparecida desde a última quinta-feira (Foto: Reprodução/Facebook)

Vassouras e Rio – O dentista Thiago Medeiros, de 33 anos, foi preso no último domingo (25), suspeito de participar do assassinato da ex-namorada, a farmacêutica Nathalie Rios Motta Salles, de 37 anos. Nathalie estava grávida de três meses do suspeito. Na última sexta-feira (23), o corpo dela foi encontrado carbonizado em Vassouras, onde a família de Thiago mora. Familiares de Nathalie reconheceram um brinco e roupas achadas próximo ao cadáver.

Segundo a polícia, o dentista foi a última pessoa a ser vista com Nathalie e é o principal suspeito do crime. Ela, que era proprietária de uma rede de drogarias no Rio, saiu de uma delas, na Tijuca, na última quinta-feira (22), para um encontro marcado pelo ex-namorado, na estação do Metrô do Flamengo. A polícia informou que imagens de câmeras de segurança apontam os passos da vítima até ela chegar ao Flamengo. Em depoimento, o dentista declarou que teria encontrado com ela, mas deixado a farmacêutica no Aterro do Flamengo e seguido para Vassouras, onde também tem consultório.

Segundo informações, o casal teria se conhecido em 2008, época que começaram a se relacionar. Atualmente Thiago está noivo de uma médica, mas teria voltado a se envolver com a ex. O dentista então teria pedido que Nathalie fizesse um aborto, mas a farmacêutica teria decidido ter o bebê.

Amigos disseram que Nathalie comentou que estranhou quando se encontrou com Thiago e ele examinou os dentes dela. Informações da polícia apontam ainda que a arcada dentária da vítima foi retirada.

Com base nisso, a Justiça concedeu o pedido de prisão temporária (válido por 30 dias) solicitado pela polícia contra Thiago. Ele foi preso por agentes da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que investiga o caso.

Em uma rede social, a mãe de Nathalie escreveu: “Metade de mim morreu”, marcando o seu status como: se sentido despedaçada. O laudo com a confirmação da identidade do corpo deverá ficar pronto em 15 dias.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. O cara é louco ! Horrorizante… Já pensou todo mundo matar a namorada, a mante, só pq ela engravidou ? É só não achar que pode pegar mulherzada na rua… E como tem mulher otária também que acredita em canalhas, pilantras !!

  2. Há mais de treze anos quando o PT assumiu o poder no Brasil a cultura da morte começou a crescer, pois o PT lançou uma propaganda massiva para legalizar o aborto no Brasil, e fazendo isso, a vida se tornou menos valorizada no Brasil, então de matar um bebezinho à matar a mãe do bebezinho virou um pulinho.
    Desgraçada é a nação cujo Deus não é o Senhor!

  3. Parabéns aos agentes civis e a PM de vassouras que encontraram a ossada e a ddpa que fizeram a prisão e seguem com investigação.

Untitled Document