terça-feira, 7 de dezembro de 2021 - 11:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Homem é preso após ser flagrado com carro clonado em Barra do Piraí

Homem é preso após ser flagrado com carro clonado em Barra do Piraí

Matéria publicada em 12 de julho de 2017, 12:34 horas

 


 Detido: Ele foi flagrado por policiais rodoviários federais dirigindo um carro clonado e acabou levado para a delegacia da Polícia Civil (Foto: Cedida pela Polícia Rodoviária Federal)

Detido: Ele foi flagrado por policiais rodoviários federais dirigindo um carro clonado e acabou levado para a delegacia da Polícia Civil (Foto: Cedida pela Polícia Rodoviária Federal)

Barra do Piraí – Um homem de 35 anos foi preso na terça-feira (11), por volta das 22h, por receptação de produto roubado e uso de documento falso. Ele foi flagrado por policiais rodoviários federais dirigindo um carro clonado, na Rodovia Lúcio Meira (BR-393). O veículo, um Hyundai HB20, tinha placa de um carro roubado em maio de 2014, no município de São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Segundo a PRF, o motorista apresentou documentação com sinais de falsificação. Ele foi levado para a delegacia da Polícia Civil de Barra do Piraí (88ª DP), onde ficou preso.

Nos últimos dias, a Polícia Rodoviária Federal prendeu outros homens em carros clonados nas estradas que cortam a região. Na tarde de domingo (9), três homens foram presos em Resende.  Já no dia 5 deste mês, um homem também foi preso por agentes federais em Barra do Piraí. 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Virou moda isso todo dia agora prende um com carro clonado

    • ???????? Queria o que?

    • Pura verdade! O pior é quando isso acontece agente enfrenta uma burocracia danada pra provar que voce é o real proprietario.

      Assim como acontece com as multas emitidas sem ser seu, o veiculo infrator, simplesmente um agente de transito anota uma placa e ou alguem digita errado e pronto. Voce tem que provar com documentos e ou fotos que não era voce, pois recorrer sem isso prevalece sempre a “palavra” do agente.
      Ao contrario da lei, voce tem que pagar por uma coisa que não cometeu, ja que é quase impossivel voce juntar ticketes de estacionamento, notas de abastecimento e etc…todos com placa e data

Untitled Document