sexta-feira, 14 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Homicídios caem em Angra dos Reis e Volta Redonda e sobem em Barra Mansa e Resende

Homicídios caem em Angra dos Reis e Volta Redonda e sobem em Barra Mansa e Resende

Matéria publicada em 7 de julho de 2020, 17:36 horas

 


Comparação foi feita entre dados do ISP de janeiro a maio de 2019 e 2020

Sul Fluminense – Os dados do ISP (Instituto de Segurança Pública) do Estado do Rio apontam que a incidência de homicídios dolosos teve alta em Barra Mansa e Resende e queda em Volta Redonda e Angra dos Reis, na comparação dos primeiros cinco meses de 2019 com o mesmo período de 2020.

Em Resende, o número de homicídios dolosos subiu de 14, nos primeiros cinco meses de 2019, para 25, no mesmo período deste ano, com alta de 78,57%. Já em Barra Mansa, foram 15 homicídios dolosos nos cinco primeiros meses de 2019 contra 21 em 2020, com alta de 40%.

Em Angra dos Reis, houve 47 homicídios dolosos nos cinco primeiros meses do ano passado, contra 28 este ano; a queda foi de 40,53%. Já em Volta Redonda, os 48 homicídios dolosos de janeiro a maio de 2019 se reduziram a 35, nos cinco primeiros meses deste ano. A redução foi de 27,08%.

Tráfico de drogas

Na comparação entre os cinco primeiros meses de 2019 e 2020, os registros de tráfico de drogas tiveram alta de 8,51%, passando de 141 para 153 em Volta Redonda e  de 60% em Angra dos Reis, onde passaram de 85 para 136. Em Resende, houve queda de 30,91%, com os registros passando de 110 para 76, enquanto em Barra Mansa a redução foi de 0,83%, passando de 121 para 120, o que representa quase uma estabilidade.

Estupro

A única cidade onde houve aumento na quantidade de registros de estupro na comparação dos primeiros cinco meses de 2019 com igual período de 2020 foi Resende (10 em 2019 e 12 em 2020, alta de 20%). Em Angra dos Reis, a queda foi de 52,94%, de 34 para 16; em Barra Mansa, houve redução de 31,82%, de 22 para 15; finalmente, em Volta Redonda, a queda foi de 21 para 20, chegando a um percentual de -4,55%, mas também registrando praticamente uma estabilidade.

Roubo

Os registros de roubo tiveram queda em todas as cidades, na comparação entre os primeiros cinco meses de 2019 e 2020; em Angra dos Reis, foram 258 nos cinco primeiros meses do ano passado e 91 este ano (-64,73%); em Barra Mansa, houve 129 em 2019 e 95 em 2020 (-26,36%); em Resende, a evolução foi de 112 para 70 (-37,5%); em Volta Redonda, foi de 295 para 195 (-33,9%).


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar
    betinho da varzea

    fora dr Ronaldo Aparecido, barra mansa nao aguenta mas

  2. Avatar

    Resende tá se tornando bem violenta, o comércio de drogas tá rolando a vontade, carros e motos indo e vindo a noite toda… de dia usuários fazendo uso pelas ruas… é tanto o uso que pra achar a boca de fumo é só seguir os saquinhos de drogas… e nos finais de semana a coisa tá mais sinistra ainda… mudaram o comando da PM e tudo mudou na cidade.

Untitled Document