sexta-feira, 15 de outubro de 2021 - 20:04 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / ‘Irmãos Metralha’ são presos com armas em Volta Redonda

‘Irmãos Metralha’ são presos com armas em Volta Redonda

Matéria publicada em 10 de setembro de 2015, 16:39 horas

 


Um deles é acusado de tentar matar um policial militar em maio deste ano, quando o agente levava o filho até um ponto de ônibus

metralhas

Revólveres calibre 38 e munições foram encontrados com os irmãos, no bairro Três Poços, em Volta Redonda (Foto: Cedida pela PM)

Volta Redonda – Agentes do Serviço de Inteligência (P-2) da Polícia Militar, do 28º Batalhão, prenderam nesta quinta-feira (10), no bairro Três Poços, dois irmãos gêmeos de 18 anos, conhecidos pela polícia como “Irmãos Metralha” (apelido em alusão aos personagens dos desenhos animados da Disney). Os dois foram encontrados em uma casa, onde foram apreendidos dois revólveres calibre 32, oito munições do mesmo calibre e outras seis de calibre 38.

A prisão aconteceu depois que a polícia recebeu uma denúncia anônima de que havia pessoas armadas em uma rua do bairro. Além do porte ilegal de armas, a Polícia Militar informou que a dupla tem envolvimento com o tráfico de drogas na cidade.

Em maio deste ano, um dos irmãos teria tentado matar um policial militar à paisana, também em Três Poços. Na ocasião, o PM levava o filho até um ponto de ônibus, onde o menino pegaria condução para ir à escola e desconfiou do suspeito e de mais um rapaz que estava com ele. Após deixar o filho, o PM tentou abordar os homens que fugiram. Houve perseguição e os suspeitos atiraram contra o carro do policial, que revidou. Apesar da troca de tiros, ninguém se feriu na época e os criminosos conseguiram fugir.

De acordo com a PM, os “Metralha” já tinham participado de outro tiroteio este ano, dessa vez contra rivais do tráfico de drogas. A ação aconteceu próximo a um bar na Avenida Paulo Erlei Abrantes, também em Três Poços. Naquela época, um pedreiro de 30 anos foi preso suspeito de ter participado da troca de tiros. A polícia disse que o pedreiro usou dois revólveres calibre 32, um em cada mão, para tentar matar os irmãos que tomavam cerveja no bar. Eles conseguiram fugir sem serem atingidos.

O comandante do 28º BPM, tenente-coronel Luis Cláudio Regis, explicou que os policiais militares ficaram monitorando o local e viram quando os dois irmãos entraram numa casa. Em seguida, eles foram abordados pelos agentes e levados para a delegacia de Volta Redonda (93ª DP).

Regis lembrou que os suspeitos já vinham sendo procurados pela PM há algum tempo e que eles costumavam agir como se fossem “xerifes” do bairro, impondo suas próprias leis.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Brasileiro tem o governo que merece. Pra esse infeliz que tem coragem de defender o Neto, lamentável. Esse cidadão é um dos políticos mais corruptos do país.

  2. tem sim no dom bosco e na california na rua 6 perto do corrego .

  3. PARABÉNS AOS DENUNCIANTES

    Dois adolescentes com armas e munições? Eles não sabem que isso é ser fora da lei? Os pais e a escola não os instruiu, né?

    Cadê aqueles que dizem que adolescentes JÁ sabem o que fazem?

    Eu não me cansarei de parabenizar os denunciantes. Aos omissos que aprenderam e foram obrigados a ficarem calados pelas palmadas da infância tenha coragem, agora existe lei contra as palmadas.

    Os denunciantes não merecem ser taxados de ÊTA POVINHO

    Ah, e vai ver eles estão entre os 95 mil eleitores corruptos que reelegeram um prefeito que tbm não cumpre as leis.

    • eu sou um dos 95 milhoes que votou no prefeito e nao me arrependo!pior seria se eu tivesse votado naquele que se entregou ao dizer que nao e honesto.perdeu nas urnas e na justiça.valu neto!

  4. Redatores, corrigir “atendidos” por “atingidos” no 4º parágrafo.

Untitled Document