quinta-feira, 6 de agosto de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Laudo confirma que menor foi morto por asfixia no Degase de Volta Redonda, diz delegado

Laudo confirma que menor foi morto por asfixia no Degase de Volta Redonda, diz delegado

Matéria publicada em 6 de julho de 2020, 15:11 horas

 


Volta Redonda – O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Victor Arthur Tuttman, disse que o laudo de necropsia confirmou que um interno da unidade do Degase de Volta Redonda, foi morto por asfixia. A vítima, de 17 anos, apareceu morta na madrugada de sábado, dia 4, no alojamento em que se encontrava, no Cense Irmã Asunción de La Gandara, no bairro Roma.

Um adolescente, também interno da unidade, está sendo investigado como o autor do crime que, a princípio, foi registrado na 93ª DP, como fato a apurar.

Com o resultado de necropsia feito no Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda, Tuttman passou a apurar o caso como homicídio.

Em uma das notas divulgadas, o Degase chegou a informar que o menor passou mal durante a madrugada e que agentes fizeram os primeiros atendimentos, além de acionaram o Samu.

Ainda de acordo com a nota, quando os paramédicos chegaram, constataram o falecimento do rapaz, cujo corpo foi levado para o IML.

Nota

Nesta segunda-feira (6) o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) enviou uma nota lamentando o falecimento do jovem no Cense Irmã Asunción de La Gándara Ustara, em Volta Redonda.

“O Degase se solidariza com o sofrimento dos familiares e está prestando todo apoio a eles. E o departamento continua a fornecer todas as informações necessárias para os investigadores da 93ª DP (Volta Redonda) que apuram o fato”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Sementinhas do mal matando outra sementinha do mal.
    Eles é que se explodam !

  2. Avatar

    Temos um interno homicida no Degase-Vr? Que “legau”

Untitled Document