sábado, 15 de maio de 2021 - 20:58 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Meninas morrem afogadas em rio de Rialto, em Barra Mansa

Meninas morrem afogadas em rio de Rialto, em Barra Mansa

Matéria publicada em 12 de setembro de 2016, 13:21 horas

 


Vítimas de oito e 14 anos brincavam em riacho; investigação quer saber se elas foram puxadas por uma bomba usada na extração de areia ou pela correnteza

Família de Luiza Nunes Roberto, de 14 anos, já realizava os preparativos para a festa de 15 anos da menina (Foto: Reprodução Facebook)

Família de Luiza Nunes Roberto, de 14 anos, já realizava os preparativos para a festa de 15 anos da menina (Foto: Reprodução Facebook)

Barra Mansa- A Polícia Civil está investigando a morte de Luiza Nunes Roberto, de 14 anos, e Giovana da Silva Costa, de oito. Elas morreram afogadas na tarde deste domingo (11), quando nadavam no Rio Bananal, no distrito de Rialto. A investigação quer saber se elas foram puxadas para o fundo do rio por uma bomba usada na extração de areia ou pela correnteza.

Luiza morava em Rialto e Giovana no bairro Ano Bom. O pai de uma das vítimas disse que eles não conheciam o riacho. As crianças chegaram a ser socorridas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Santa Casa de Barra Mansa mas não resistiram.

Segundo o delegado de plantão de área, Marcelo Russo da 93ª DP (Volta Redonda) – responsável também pela delegacia de Barra Mansa (90ª DP) neste final de semana -, um inquérito foi instaurado para apurar o caso. O policial informou ainda que o pai de uma das vítimas deve ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Ele afirmou que pretende ouvir o responsável pela bomba de sucção. O policial disse ainda que acredita que pelas circunstâncias, o pai pode ser beneficiado pelo perdão judicial.

– Neste caso, o juiz pode entender que o pai já foi penalizado pelo resto da vida pela morte da própria filha – explicou o delegado.

O perdão judicial é quando o juiz, embora reconhecendo a prática do crime, deixa de aplicar a pena, desde que se apresentem determinadas circunstâncias excepcionais previstas em lei e que tornam inconvenientes ou desnecessárias a imposição de sanção penal ao réu.

Local interditado

O delegado adjunto da 90ª DP, Alcidézio Bispo Junior, que dará continuidade às investigações, disse ao DIÁRIO DO VALE que o local onde as meninas se afogaram será interditado.
– Um local onde as pessoas são sugadas e não há nenhum aviso ou sinalização tem que ser interditado. Além disso, assim que receber o inquérito do delegado de Volta Redonda, que estava de plantão neste fim de semana, vou intimar os responsáveis pela extração de areia no rio – disse Alcidézio.

O delegado afirmou que pretende verificar se o dono do barco usado na extração tinha autorização legal para fazer esse trabalho naquela área. Funcionários da empresa disseram que a área era cercada e que o local onde ocorreu os afogamentos tinha aproximadamente dois metros de profundidade. O dono da embarcação não foi encontrado.

A mãe de Luiza, Doraci Uchoa, disse que na tarde de domingo, por volta das 14h, um amigo da família chamou a menina para ir tomar banho no rio com outras três crianças, filhas dele. Doraci contou que pediu para Luiza não ir, e se fosse, ir apenas para mostrar onde ficava o rio e voltar para casa. A família se preparava para comemorar o aniversário de 15 anos de Luiza.

Por Dicler de Mello e Souza


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

31 comentários

  1. Avatar
    Acidente por imprudência do adulto

    Não existe a menor possibilidade das meninas terem sido sugadas pela draga de areia. Quem já viu um equipamento deste trabalhando jamais se aproximaria por mais ingênuo, irresponsável e destemido que fosse. Os próprios funcionários não operariam o equipamento com pessoas dentro d’água. Além disto, esta empresa não trabalha aos domingos e para quem não sabe, é possível a qualquer pessoa descobrir se a empresa é legalizada perante aos órgãos fiscalizadores, as informações de todas empresas extratoras de minério são públicas e estão disponíveis na net, basta saber procurar! E neste caso a empresa está sim com a documentação em dia. Vamos ser justos e não prejudicar quem não teve culpa na fatalidade!

    • Avatar

      Funcionario da empresa o sr ja nadou proximo a esta bomba que suga pessoas? Vc ja fez o teste? Entao é só sua opniao neh?

      Obg

    • Avatar
      Acidente por imprudência do adulto

      Cristão, foi comprovado pelo delegado que o equipamento estava desligado e não houve nenhuma “bomba que suga pessoas” como vc diz! Veja a nova reportagem do DV que informa sobre isto!

  2. Avatar
    vicente Rodrigues de freitas

    infelizmente esse é o nosso Brasil , temos tantas nascentes em Barra mansa , só que tds são particulares onde o uso não são baratos paras as familias , onde as pessoas procuram lugares assim que acabam custando a vida isso é muito triste ! que deus conforte os familiares !

  3. Avatar

    O dono do areal foi totalmente imprudente e não se preocupou ou atentou para os riscos que o local poderia gerar, deve-se ser investigado sim se a bomba estava ligada sem que houvesse nenhuma medida para se evitar acidentes…

  4. Avatar

    Eu vinha aqui ja sabia que tinha muito mimimi, Respeitem a dor da familia,aprendam a ser pessoas melhores se colocando no lugar desaas familias, quando eu li essa msg me deu uma tristeza!

    Sinto muito, mas nada acontece sem a permissão de Deus

  5. Avatar

    meus sentimentos as familias das vitimas

  6. Avatar

    Se o “se” contasse, as pessoas só morreriam de idade avançada… Que descansem em paz…

  7. Avatar

    “– Um local onde as pessoas são sugadas e não há nenhum aviso ou sinalização tem que ser interditado.”

    O fato ocorreu ontem e AINDA será interditado? Assim complica! E o trabalho da PERÍCIA, como fica?

  8. Avatar

    Querem dizer que se houvesse placas de advertências as meninas não entrariam no rio ?

  9. Avatar

    Gente…vamos verificar as coisas…culpar esse ou aquele agora nao vai trazer as meninas de volta…infelizmente!!!que Deus tenha….

  10. Avatar

    “– Um local onde as pessoas são sugadas e não há nenhum aviso ou sinalização tem que ser interditado.”

    O delegado está correto com a afirmativa acima. Esse rio Bananal parece ser inofensivo sem oferecer risco algum. mas agora descobre-se que é muito traiçoeiro. Por falar em rio traiçoeiro, na Fazenda da Grama há um açude ou represa que já sugou algumas dezenas de banhistas que se afogaram. La também não há nada que impeça o acesso e alerte os desavisados. Que tal interditar aquele açude para banhos? Com a palavra as autoridades servidoras do povo.

  11. Avatar

    Olha só como é perigoso uma informação mal dada ! Conheço o local, primeiro ,era domingo, o areal não funciona nesse dia ! segundo no local há placas de sinalização , terceiro, existe sim um poço fundo onde se extrai areia em dia útil, quarto,existe sim licença habiental p o funcinamento, ! Para divulgar uma notícia teria q ter credibilidade, coisa q nossa impressa não tem ! Lamentavél a morte das meninas !

    • Avatar

      Marcelo, li e não notei nada de errado na reportagem do DIÁRIO DO VALE. Talvez na dos outros veículos, mas aqui não!

    • Avatar

      Além da matéria mal feita, cita a 93ª DP com Volta Redonda. Eles não procuram saber a real situação, o negocio e escrever besteiras.

  12. Avatar

    Parabéns mais uma vez aos policiais; infelizmente não foram salvas; que Deus acolha essas meninas e conforte a família!

  13. Avatar

    Minha opinião é: prendam os pais que não zelaram para integridade fisica das meninas, o que era responsabilidade deles.

    • Avatar

      Fatalidade existe!!!

    • Avatar

      Ou você não tem filhos ou você nunca foi criança. Você é totalmente sem noção em postar um comentario desse. Você deve ter sido desenvolvido num laboratório, sem ter tido infância, sem ter tido a oportunidade de brincar na rua e etc… Sinceramente você acha que os Pais premeditadamente uma fatalidade dessas…. Por favor!

    • Avatar

      Filho, para de falar besteira, como se prende em casa uma garota de 14 anos?!!! Fala sério! E outra… crianças brincam mesmo, nao tem como manter o controle permanente delas…

    • Avatar

      se você não algo que preste pra dizer…cale-se…as famílias já estão sofrendo o bastante.

  14. Avatar

    Esse AREAL não parece ser legalizado, pois se fosse estaria as com devidas sinalizações e medidas de segurança! Verifiquem isso ai! Muito estranho!

  15. Avatar

    Meu Deus que tragedia.
    o Dono do areal tem que sinalizar com placa de perigo. O que aconteceu foi uma fatalidade
    Meus Sentimentos a toda familia

  16. Avatar

    Gente, que tragédia! O pai poderia ter sido mais uma vítima… Não é o caso de indiciá-lo, mas sim o responsável por manter a atividade no local sem a devida sinalização…

  17. Avatar

    Meus sentimentos as famílias das vítimas. Realmente muito triste. E aproveito pra novamente exaltar os guerreiros da PMERJ que não mediram esforços para tentar salvar a s vidas que ali se foram. Aqui transcende o cidadão, o ser humano atrás da farda, indo além do previsto, indo além do que o Estado exige. Semana passada um outro policial salvou uma criança no centro da cidade com ataque epilético e interrupção da respiração. Dessa vez infelizmente não houve tempo. Mas deixo meu respeito a guarnição da Polícia Militar de Rialto, SGT Alcino, SGT Ari e CB Carmo. Heróis são forjados na dor.

    • Avatar

      A questao nao eh o PM, paga pau, eh o ser humano que sim agiu tentando salvar vidas,qualquer civil poderia estar ali buscando ajudar…

  18. Avatar

    Não foi INCIDENTE!!!!!! O fato foi acidente…

  19. Avatar

    Tá de brincadeira indiciar o Pai de uma das meninas, o certo seria indiciar o dono do areal por não sinalizar o local da bomba com uma placa de Perigo, mas no Brasil só bandido tem direitos… Meus sentimentos as famílias!

    • Avatar

      Concordo contigo!

    • Avatar

      Até o delegado pensa como nós Ronaldo, mas quando eu comentei ele ainda não havia dado essa declaração.

    • Avatar

      Sinceramente? Esse pai não deveria ter ido ao local sabendo dos riscos.
      O dono do areal deveria sim, ter sinalizado a área, mas com ou sem sinalização, ainda sim esse pai estava errado!
      Vai carregar essa culpa para o resto da vida. Lamentável!

Untitled Document