>
domingo, 22 de maio de 2022 - 17:06 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Mulher é assaltada em Volta Redonda

Mulher é assaltada em Volta Redonda

Matéria publicada em 15 de abril de 2020, 08:37 horas

 


Volta Redonda – Edileuza Barbosa, de 39 anos, moradora do bairro Ano Bom, em Barra Mansa, afirmou ter sido assaltada no último domingo (12), por volta das 19h, enquanto estava sentada num ponto de ônibus, próximo à igreja evangélica Projeto Vida, na Avenida Almirante Adalberto de Barros Nunes, no bairro Jardim Cidade do Aço, em Volta Redonda.

Ela disse que a rua estava deserta, o que facilitou a ação do bandido.

– Eu li uma reportagem (no DIÁRIO DO VALE) sobre o arrombamento na academia do Retiro. No momento do assalto, eu estava sozinha. O rapaz estava de moto e me abordou pelo acostamento. Ele parou na minha frente e pediu o meu celular. Eu me assustei, mas fiquei sem reação e quando ele insistiu eu entreguei o meu telefone. Não satisfeito, ele pediu a minha bolsa. Pedi pra ele não levar a bolsa por causa dos meus documentos, mas ele mostrou a arma para mim e me ameaçou. Logo em seguida, fugiu sentido Barra Mansa – comentou.

Edileuza disse ao DIÁRIO DO VALE que a PM chegou a passar pelo local durante patrulhamento, logo após o assalto. Ao tomarem conhecimento do assalto, os PMs tentaram encontrar o suspeito descrito por ela, mas sem sucesso.

– Quando me viram e expliquei o que tinha acontecido, foram bem sinceros comigo. Disseram que o ideal seria eu ir até a delegacia, mas como não houve flagrante eu deveria registrar a ocorrência on-line. Ainda disseram que dariam uma volta nas proximidades na tentativa de localizar o rapaz, já que passei as características dele para os policiais – explicou.

De acordo com a vítima, o suspeito é branco, aparenta ter 30 anos de idade, usava calça jeans clara e blusa de moletom. A motocicleta usada pelo suspeito não foi identificada.

– Foi muito rápido, não consegui identificar o tipo de moto que ele usava. Mas como tudo aconteceu próximo à uma vidraçaria, a minha esperança é que, após o meu registro, possam identificar o responsável através das imagens que podem ter sido gravadas ali. Ou através de câmeras espalhadas na rua. O ideal seria que a polícia identificasse a placa – disse.

Edileuza ressalta que tentou registrar o assalto pela internet.

– Tentei fazer o boletim pela internet, mas não tenho certeza se consegui. Não tive nenhum retorno. Vou solicitar ajuda de alguém para verificar se fiz tudo certinho. Graças a Deus não aconteceu nada comigo. Perdi meu telefone e todos os meus documentos, e devido essa quarentena, com tudo parado, por hora, vai ficar difícil mexer com isso agora – finalizou.

Devido à restrição adotada pela Polícia Civil neste período de pandemia, como forma de prevenção ao contágio do Covid-19, um plano de enfrentamento à doença foi adotado pelos agentes desde o dia 13 de março. Com a medida, crimes com menor potencial ofensivo, sem flagrante, podem ser registrados fora da unidade. Os registros devem ser realizados pela delegacia online: https://dedic.pcivil.rj.gov.br.

Nota da Polícia Militar

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou ao DIÁRIO DO VALE nesta terça-feira (14) que o policiamento ostensivo segue atuando nas ruas. Além das ações rotineiras que cabem ao patrulhamento, a atuação também foi intensificada em pontos com maior concentração de áreas comerciais. ”É importante ressaltarmos que todas as ações operacionais são planejadas a partir de dados colhidos e processados pelo setor de inteligência da Corporação e que atuamos de forma preventiva”, concluiu a nota.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Infelizmente nao temos mas segurança em volta redonda porque nossas autoridade sao incompetentes

    • Comentário fraco. Além dos erros de gramática, você ignora o fato das pessoas andarem por ruas desertas contribuindo para que ocorram esses tipos de crimes. As autoridades e seus agentes não são onipresentes.

  2. Onde esta nosso gestor que nao faz nada secretaria de segurança publica serve para que?

Untitled Document