domingo, 25 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / PM morto em Barra do Piraí veio transferido da UPP do Dona Marta para evitar violência

PM morto em Barra do Piraí veio transferido da UPP do Dona Marta para evitar violência

Matéria publicada em 25 de setembro de 2018, 05:50 horas

 


Comando geral da PM foi prestar homenagem ao policial morto em combate – Foto: Paulo Dimas


Barra do Piraí – 
 A morte do soldado da Polícia Militar Deivid Ribeiro Silva, na noite desta segunda-feira (24), durante confronto com traficantes do bairro Areal, em Barra do Piraí, é prova do alastramento para o Sul Fluminense de episódios de violência que até pouco só eram comuns ao Rio, Grande Rio e Baixada Fluminense.

Tanto que Deivid batalhou muito até conseguir uma transferência para um batalhão do interior, no caso o 10º BPM (Barra do Piraí), após ter entrado na polícia em 2013 para trabalhar na UPP do Dona Marta, em Botafogo, na Zona Sul Carioca. O policial queria evitar a mesma violência que o matou, bem como ficar mais perto da família.

O soldado tinha 38 anos, era casado e morava no bairro Jardim Suíça.

O enterro aconteceu na tarde desta terça-feira (25), no Cemitério Portal da Saudade, com a presença do  Comandante Geral da PM, Luis Claudio Laviano. O local estava lotado de policiais e o clima era de consternação e revolta. Com mais esse caso, já passa de 80 o número de policiais mortos no estado do Rio de Janeiro este ano. Segundo os colegas, já há suspeitos do crime e eles estão sendo procurados.
O caso 
O soldado morreu em um confronto com traficantes do bairro Areal, por volta das 20h30 desta segunda-feira. O tiroteio aconteceu em um casebre localizado na Rua da Luz, uma das vielas mais estreitas da parte alta do bairro.
Deivid e um sargento estavam em patrulhamento pela comunidade, quando foram chamados por moradores que denunciaram a presença de traficantes no local onde houve o tiroteio. Os populares avisaram ainda que os bandidos estavam armados e, por isso, foi chamado reforço antes da ocorrência ter prosseguimento.
Mais duas viaturas, com dois policiais cada, chegaram até a entrada do Areal e todos seguiram para o endereço da denúncia. A casa foi cercada e um dos policiais gritou para que os ocupantes permitissem a entrada da polícia. A resposta foi que havia crianças na casa e que pela hora os PMs não deveriam entrar. Pela ocorrência, uma das portas estava entreaberta e os agentes tentaram ver o que estava acontecendo dentro do imóvel.
Foi neste momento, segundo os PMs, que teve início um intenso tiroteio. Rajadas de tiros saíram da casa e acertaram dois policiais, que acabaram protegidos pelo colete à prova de balas. No entanto,
Deivid foi atingido na cabeça. A partir daí, os policiais se dividiram em manter o confronto e socorrer o colega. Os bandidos, então, aproveitaram para fugir.
O policial foi levado para o hospital, mas não resistiu e morreu no local.

Após a morte de um dos policiais, pelo menos 200 agentes, inclusive, os que estavam em férias ou licença, deflagraram uma operação, cercando os acessos aos bairros Roseira, Areal, Morro do Gama, Asilo, Boa Sorte, entre outros.

Por Rafael de Paiva

Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

34 comentários

  1. Avatar

    Acho que os policiais mesmo que para averiguar denuncia estao muito despreparados em barra do pirai.Pediram reforço e mandaram mais dois policiais?Conheço o bairro onde ocorreu o fato e nao é de hj que lah até de dia é um dos mais perigosos de barra do pirai.Roseira,Coimbra,Areal,Asa Branca,Boa Sorte,Morro do Gama…Bandido é bandido em qualquer lugar…não há diferença entre os que moram no interior ou na capital a perversidade é a mesma.

  2. Avatar

    Muito triste o q aconteceu, agora quando morre um outro trabalhador comum não tem essa mobilização toda da pm a procura desses bandidos. Infelismente hoje o cara quer ser pm para ter autoridade e arrumar um jeito de vir para o interior achando q é melhor, algums desfilando de farda e arma na cintura o tempo todo sem da conta da realidade do q é ser um POLICIAL.

  3. Avatar

    Uma ironia do destino. Sair de uma UPP para tombar em combate numa área rural… O tráfico está em todo lugar onde a presença do estado é mínima e o terreno seja fértil, não importando se na metrópole ou na roça… Até quando vamos ver notícias de trabalhadores sendo mortos por bandidos? Se fosse o contrário, a repercussão na mídia seria avassaladora (ah, era só um pobre, negro e favelado que nunca teve chances na vida)!!… Meus sentimentos aos familiares e amigos…

    Pro inferno com esse politicamente correto, e parece que grande parcela do povo quer que isso continue, vide as #Elenão…

  4. Avatar

    Meus sentimentos a familia. Agora kd os direitos humanos. Ate quando isto ira continuar. So vejo 17 neles.

  5. Avatar

    Eu acredito que os policiais raízes, querem caçar e acabar com a vida desses malditos vagabundos, porém, nota-se que o comando dessa gloriosa corporação, não tem interesse em arrumar pra ele, uma dor de cabeça política.
    Daí, a vagabundagem agradece !
    Bandido bom, é bandido “bem’ morto !

  6. Avatar

    Muito triste,era meu vizinho, Deus conforte o coração da. mãe

  7. Avatar
    Com cola na mão e Wal do Açaí no coração

    Esse papo de vidinha pacata do interior já virou lenda há tempos. Aqui está virando um prolongamento da Baixada.

    • Avatar

      Pois é…quem tá no comando do CPA e batalhões nem moram no interior, tudo é apenas passageiro.
      Não tem interesse nenhum em fazer com que não se torne um novo RJ

  8. Avatar

    Sim,era meu vizinho

  9. Avatar

    Ele tá fazendo Lula Livre com os dedos. Era um cara consciente pelo visto.

  10. Avatar

    Infelizmente a polícia e um elefante amarrado num pé de alface, não sabe a força que tem, mas ainda há tempo, o inimigo pode até nos ferir, mas nós precisamos cortar a cabeça dele, é isso que vamos fazer. Sinceros sentimentos a família e aos amigos PMERJ.

  11. Avatar

    Esse da foto era PM ???

  12. Avatar

    Péssimo gosto e sensibilidade na seleção da foto da matéria.
    Se for o policial na foto, acredito que a corporação não entende que esta seja a melhor imagem do militar…
    Obviamente entendo que se trata de uma foto que não representa o profissional e sim o ser humano…

  13. Avatar

    Alguém aí é contra Bolsonaro nessas horas ?
    Pq ditatura pra bandido se favorecer mata policiais e matarem você é bom, mas “ditatura” pra matar esses filha da puta não né

  14. Avatar

    Bolsonaro neles.

  15. Avatar

    Bandido bom é bandido morto… Que matou o policial deve ir pra vala ….Bolsonaro neles….

  16. Avatar

    Venho sempre batendo na mesma tecla. O 5°Cpa tá largado, só se preocupam com Angra dos Reis.
    Todo dia PM é remanejado de outro batalhão pra apoiar Angra. Enquanto isso a criminalidade cresce em seu batalhão de origem.
    Como diz o ditado, cobre a cabeça e descobre o pé

  17. Avatar

    Esse da foto é um policial ou é um outro cidadão
    Comum ?

  18. Avatar

    os tentáculos do crime estão se expandidindo pelo Brasil todo a passos largos . alô autoridades .

  19. Avatar

    Aposto como este crime. será solucionado rapidamente, só assim pra polícia trabalhar decentemente no Rio de Janeiro. Vide o caso Marielle que ninguém quer resolver…É outros q poderia citar aqui mas tô sem tempo agora.

  20. Avatar

    Meu cunhado queria entrar na PM, Alertei ele vai vender laranja que melhor .O estado paga baixo salário e faz vista grossa na questão dos bicos. Por quê? O estado não acaba com essa vistoria e fecha esses posto do Detran, Que só servem para cabide de emprego para afilhado de políticos. Iria sobrar dinheiro para comprar armamento. Que Deus dê forças para essa família….

  21. Avatar

    Tem que levantar quem foram os meliantes e fazer todos estes bostas virarem estatística nos auto de resistência, igual foi feito recentemente em Volta Redonda! Retaguarda jurídica já, pra quem faz as leis serem cumpridas! Força aos nossos policiais, que a despeito de todas as dificuldades, ainda tem coragem pra saírem de casa e nos darem o mínimo de segurança possível frente a criminalidade protegida pelos “especialistas” de plantão!

  22. Avatar

    Que Deus conforte o coração da família desse herói. E que se faça justiça!

  23. Avatar

    A polícia sozinha não tá conseguindo frear aí vc cidadão de em vez de apoiar o único candidato à luta para cidadão de bem não apoia quando vc tiver um filho um ente querido levado pela violência q bate a nossa porta angra já se perdeu virou Rio de Janeiro sem controle vc vota em outro então não chore quando for na sua família q a violência bater pois bandidos tem mais direitos e privilégios que trabalhador tipo ladrão e vítima da sociedade e estuprador e doenças

  24. Avatar

    Não informaram o nome do policial!
    Lamentável demais!

Untitled Document