quinta-feira, 27 de janeiro de 2022 - 10:42 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / PM morto em via pública em Resende cumpria prisão domiciliar

PM morto em via pública em Resende cumpria prisão domiciliar

Matéria publicada em 30 de setembro de 2021, 20:45 horas

 


Resende – O comandante do 37º Batalhão, tenente-coronel Willian Caldeira de Freitas, disse que o policial militar Cleyton de Oliveira Valin, de 34 anos, estava cumprindo prisão domiciliar, quando foi morto com vários tiros em uma via publica, em Resende. Segundo testemunhas, ele estava em um carro junto com outras pessoas. Sua cunhada também foi baleada, mas sobreviveu.

O comandante explicou que o policial cumpria uma condenação, em regime semi-aberto, mas que foi concedido a ele a prisão domiciliar por causa da pandemia, mas que Valim continuava acautelado.

O PM assassinado foi preso em janeiro do ano passado, junto com outro PM e um civil, com 450 quilos de maconha, em Porto Real.

O carro usado para interceptar o veículo que o policial estava, foi encontrado queimado na localidade de Alambari, também em Resende.

Nesta quinta-feira, dia 30, um suspeito foi preso em Itatiaia, suspeito de envolvimento na morte do PM.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document