PM prende suspeito de estelionato em Resende - Diário do Vale
quarta-feira, 22 de setembro de 2021 - 10:28 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / PM prende suspeito de estelionato em Resende

PM prende suspeito de estelionato em Resende

Matéria publicada em 7 de maio de 2020, 12:03 horas

 


De acordo com a Polícia Militar e Polícia Civil de Resende, suspeito praticava golpes com cartão de crédito no município

Resende – Policiais Militares do 37º BPM prenderam um homem, suspeito de estelionato, na tarde de quarta-feira, dia 06, na Rua Alfredo Botelho, na Vila Julieta, em Resende. De acordo com a ocorrência, a PM fazia patrulhamento pelo local, quando avistou o suspeito pilotando uma motocicleta, modelo Honda/CG125 Fan preta, na contramão.

Durante abordagem, o suspeito não soube informar aos agentes, o endereço em que reside. Segundo a PM, o homem deu um endereço na cidade de Petrópolis (RJ) e outro endereço na cidade de Carapicuiba (SP). Foi feita uma revista pessoal no suspeito e foram encontrados cartões de crédito em nome de três pessoas diferentes.

Após a constatação, o suspeito foi encaminhado para a 89ª DP (Resende), onde agentes da Polícia Civil constataram que os cartões seriam de um homem e duas mulheres: pai, mãe e filha.  Ainda segundo a PM,  o filho e irmão das vítimas foi até a delegacia, onde informaram que seus familiares foram vitimas do golpe do cartão de crédito.

Segundo a PM, os criminosos ligam para a residência relatando que fora feito uma compra em nome da vítima, que de pronto nega a negociação. Após o aviso, os bandidos solicitam que a vítima ligue para um “0800”, onde outro criminoso se passando por um atendente informa às vítimas o cancelamento do cartão, enviando um motoboy (suspeito) até a residência para buscar o cartão antigo, ficando assim de posse do cartão da vítima.

Após o flagrante, o suspeito, que possui passagens criminais por receptação de veículo e uso de entorpecentes, foi autuado por estelionato e falsidade ideológica, permanecendo preso.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Atento Desconfiado

    Há outros dados não relatados na reportagem. O telefone fixo da vítima foi alvo de clonagem ou interceptação, pois ao telefonar para o 0800 ”verdadeiro” do Banco Bradesco, os dados de supostas compras foram confirmadas por 2 (duas) pessoas em momentos diferentes. O 0800 do Banco do Bradesco não aceita ligação de celular. A pessoa (meliante) que buscou os cartões para perícia e posterior restituição, já cortados, estava com o RG, nr de matrícula e crachá da suposta empresa terceirizada do Banco Bradesco. O policial civil que cuidou do caso afirmara que ”nunca tinha visto um caso de estelionato tão bem estruturado”.

  2. José Roberto Gonçalves

    EU NÃO POSSO AGREDITAR, NESTE RELATO, PARA OUTRAS COISAS AS PESSOAS TEM MALÍCIA, MAS QUANDO E PRECISO, NADA. SERA QUE E O COVID 19, QUE ESTA AFETANDO A MENTE? VAMOS ACORDAR PESSOAL.

  3. Fala sério ir em casa buscar cartão que foi cancelado como têm gente que entrega tudo que têm sem questionar nada, ainda mais nos tempos que vivemos hoje em dia que até dar gorjeta merece um pensamento crítico do que a pessoa fará com o dinheiro.

    Todo o cuidado é pouco em nossa atual sociedade.

Untitled Document