PM prende suspeito de homicídio em Barra Mansa - Diário do Vale
sábado, 25 de setembro de 2021 - 21:42 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / PM prende suspeito de homicídio em Barra Mansa

PM prende suspeito de homicídio em Barra Mansa

Matéria publicada em 4 de abril de 2016, 18:47 horas

 


Jovem teria assassinado homem após uma discussão no bairro Vila Nova

Barra Mansa – Policiais militares prenderam na noite de domingo (3), Vinícius Bueno Geraldo, de 22 anos. Segundo a polícia, ele é suspeito de matar a tiros, no mesmo dia, Joaquim Luís da Silva, de 44. O crime aconteceu na Rua José Loesch, no bairro Vila Nova, em Barra Mansa.

O jovem foi preso logo após o homicídio, próximo a um pátio de um posto de combustíveis que fica a poucos metros de um DPO (Destacamento de Policiamento Ostensivo) da Polícia Militar, também na Vila Nova. O suspeito estava em um Gol preto junto com outros dois rapazes.
Todos foram levados para a delegacia de Barra Mansa (90ª DP), onde Vinícius ficou preso e os outros dois foram ouvidos e liberados.
Policiais não deram detalhes sobre como teria ocorrido o homicídio, mas disseram que o suspeito atirou em Joaquim após uma discussão entre eles. O motivo da briga não foi revelado.
O revólver usado no assassinato não foi encontrado. O homicídio será apurado pelo delegado Ronaldo Aparecido de Brito, titular da 90ª DP.

Investigações de assassinato de motorista continuam

Já em Volta Redonda, o delegado adjunto da 93ª DP, Márcio Leandro Figueroa, disse que as investigações sobre o assassinato do motorista de ônibus, José Ricardo da Conceição da Silva, de 32 anos, estão sendo feitas em sigilo. A vítima, que saía do trabalho, foi morta a tiros na madrugada da última sexta-feira (1º), próxima à garagem da Viação Sul Fluminense, no bairro Voldac.
Figueroa se limitou a dizer que está analisando imagens gravadas no dia do crime de uma câmera de segurança instalada da empresa.
Uma das denúncias que está sendo apurada pelo delegado é a de que a vítima teria se envolvido numa briga de trânsito. Apesar disso, isso ainda não foi confirmado. Como nada foi roubado do motorista no dia em que foi morto, a polícia descartou a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).
O delegado adiantou apenas que está registrando depoimento de testemunhas. O corpo de José Ricardo foi sepultado no sábado (2), no Cemitério Portal da Saudade, em Volta Redonda. Ele era casado, não tinha filhos e morava no bairro Água Limpa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document