>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 09:40 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / PMs do Rio deverão ter arma de uso pessoal comprada pelo estado

PMs do Rio deverão ter arma de uso pessoal comprada pelo estado

Matéria publicada em 5 de julho de 2015, 16:23 horas

 


Rio –  Os 47 mil policiais militares do Rio de Janeiro deverão ter uma arma para uso pessoal, até 2021, comprada pelo estado. É o que ficou acertado entre o governo e o Ministério Público na assinatura do termo de ajustamento de conduta (TAC) ocorrida no último dia 2. O TAC prevê um gasto de R$ 4 bilhões nos próximos seis anos e inclui ainda a aquisição de coletes de proteção e melhorias das unidades de Polícia Pacificadoras (UPP).

Ontem, o DIÁRIO DO VALE divulgou uma reportagem com detalhes sobre o assunto. O acordo foi fechado com a intermediação dos deputados estaduais Edson Albertassi (PMDB), líder do governo na Assembleia Legislativa (Alerj), e Jorge Picciani (PMDB), presidente da Alerj.

A promotora Gláucia Santana, titular da 6ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania da Capital, detalhou hoje (3) alguns pontos do TAC. “O ideal é que cada policial fique vinculado a uma arma. Isso vai ajudar no controle de abusos e vai tirar do mercado arma adquirida de forma clandestina”, disse.

Sobre a compra de coletes para uso individual (hoje é coletivo), a promotora usou como justificativa a questão da higiene. “O policial vai para a rua, fica 24 horas, termina a jornada e passa o colete para frente para outro policial, sem higienização. Isso é humanamente deplorável.”

Gláucia ressaltou que uma das vantagens do TAC é evitar possíveis cortes orçamentários, pois o governador Luiz Fernando Pezão, segundo ela, garantiu que o dinheiro do acordo será o último a ser atingido, caso haja necessidade. Além disso, o valor não será descontado do orçamento anual da Polícia Militar (PM).

“Esse valor de R$ 4 bilhões não se confunde com orçamento ordinário da Polícia Militar. O que o governo tem previsto para a PM todos os anos continuará igual. O governador só fez assumir o compromisso de, além do que já estava previsto, aportar mais R$ 4 bilhões”, explicou.

Os recursos serão usados também para melhorar as condições de trabalho nas UPPs, que serão construídas em alvenaria. Elas passarão a ter internet e área de repouso mais confortável para os policiais. Está previsto ainda recurso extra para o treinamento dos PMs.

De acordo com o documento assinado, o governo do estado se compromete a cumprir um cronograma de investimento: R$ 200 milhões em 2016, R$ 300 milhões em 2017 e R$ 500 milhões em 2018, totalizando R$ 1 bilhão. Os demais R$ 3 bilhões ficariam para próximo governo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. sao mais 47 mil armas nas ruas o que farao com as armas que possuem ?vao emtregar pra que sejao destruidas ? eu duvido hem.

  2. Isso é um absurdo. .. gastar bilhões p comprar armas p pessoas despreparadas abusarem da autoridade q tem sem fardas…esse é o Brasil. ..imagina o q eles vão fazet agora.

    • Isso é Brasil mesmo, pessoas como você que é contra a polícia, porque certamente é vagabundo ou tem algum rabo preso, o brasileiro que faz uma comentário desse tipo tem o Brasil e o tratamento que merece… Mas graças a Deus nem todos são como você… Lamentável!!!

    • Das 2 uma … VC é traficante ou viciado …tiro porrada e bomba agr chama tua mãe vagabundo

  3. esta noticia deve ser piada ne!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  4. E ADIVINHA QUEM VAI PAGAR ESSA CONTA?NÓS,VAMOS PAGAR MAIS UMA CONTA ABSURDA,USO PESSOAL É USO PESSOAL,O ESTADO DISPONIBILIZA A ARMA PARA O POLICIAL TRABALHAR,SE QUER ARMA PESSOAL QUE COMPRE E PAGUE DO SEU BOLSO,DAQUI A POUCO O ESTADO VAI TER QUE ASSUMIR VARIAS DESPESAS DE USO PESSOAL,BRASILLLLL DA BAGUNÇA,SAMBA FUTEBOL E GASTOS DA UNIÃO COM MATERIAIS PESSOAIS…

    • Nada mais justo pra quem esta nas ruas cuidando da nossa segurança.
      Tem gente por ai que ganha um absurdo de salário, e ainda como se não bastasse tem: passagem aerea
      gasolina
      auxilio moradia
      auxílio paletó
      selos
      etc
      e tudo pago por nós. …kkkk
      ENTÃO PQ O POLICIAL NÃO PODE?

    • Ja vi muito policial pretendendo bandido de folga.
      bem ou mal são eles que estão nas ruas. Enquanto q político tem de tudo não fazem m. Nenhuma e fingem q trabalham duas cezes na semana.
      Não esqueçam dos professores. Tb merecem melhorias
      parabéns aos responsáveis por este projeto.
      nem tudo ta perdido…uffa

  5. PRA CORRUPTO TUDO.

    E pra PCERJ portada, tiro e bomba.

Untitled Document
close