terça-feira, 15 de junho de 2021 - 07:39 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Polícia Civil apreendeu cerca de R$ 1 milhão em bens de luxo durante a Operação ‘Esquema Preferido’

Polícia Civil apreendeu cerca de R$ 1 milhão em bens de luxo durante a Operação ‘Esquema Preferido’

Matéria publicada em 11 de junho de 2021, 16:19 horas

 


Paraíba do Sul – Um balanço divulgado nesta sexta-feira, dia 11, pela delegada titular da 107ª DP, Cláudia Nardy Abuud, revelou que na Operação “Esquema Preferido”, realizada no dia anterior nos Estados do Rio e Minas Gerais, oito pessoas foram presas. Além disso, foram apreendidos aproximadamente R$ 1 milhão em bens de luxo.

Na relação dos materiais recuperados pelos agentes está meia barra de ouro, avaliada em R$ 150 mil, oito veículos de luxo, como carros importados, jet sky, entre outros. Além de R$ 6.500,00 em dinheiro, relógios de marcas famosas, roupas, cartões de crédito, pen drive, DVD-R, cheques e notas promissórias

A investida contou ainda com apoio dos Ministérios Públicos dos Estados do Rio de Janeiro e Minais Gerais, Polícia Civil de Paraíba do Sul e agentes mineiros, além 38º Batalhão da PM (Três Rios) e agentes da Polícia Rodoviária Federal.

A operação, que ocorreu simultaneamente em Paraíba do Sul, e nas cidades de Juiz de Fora e Divino (MG), teve como objetivo o desmantelamento de um grupo criminoso envolvido em roubos a residências de luxo nos estados do Rio e Minas Gerais.

A ação envolveu 80 policiais.  A investigação identificou um grupo formado por criminosos de Minas Gerais especializados  em roubo. Os valores roubados eram investidos no tráfico de drogas e em bens de luxo,

A operação foi batizada de “Esquema Perfeito”, porque a quadrilha investigada se dedicava  a diferentes modalidades criminosas, incluindo tráfico de droga – objeto de investigação da Polícia Civil de Minas Gerais, porém o roubo a residências se tornou  mais rendável ao bando.

Todos os presos foram levados para a Delegacia de Paraíba do Sul e transferidos nesta sexta-feira, para o sistema penitenciário.

– A ação buscou cumprir mandados de prisão e busca e apreensão expedidos pela Justiça em decorrência de uma minuciosa investigação iniciada no dia 2 de março de 2021 pela equipe da 107ª DP (Paraíba do Sul). Trata-se de uma ocorrência do maior roubo  da história do município – disse a Delegada.

Segundo a policial, os integrantes da quadrilha formados por criminosos de Minas Gerais praticavam os roubos de maneira  reiterada , escolhendo e estudando seus alvos de forma criteriosa, organizando todos os detalhes de cada ação, que sempre  envolvia  manter as vítimas como refém por várias horas, sob mira de armas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document