terça-feira, 27 de julho de 2021 - 21:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Polícia do Sul Fluminense em alerta sobre grupo de miliciano rival que passa a ocupar território antes dominado por Ecko

Polícia do Sul Fluminense em alerta sobre grupo de miliciano rival que passa a ocupar território antes dominado por Ecko

Matéria publicada em 15 de junho de 2021, 16:57 horas

 


Sul Fluminense – Policiais do Sul Fluminense estão em alerta após denúncia de que um grupo de miliciano rival começou a ocupar território que era dominado por Welington da Silva, o Ecko. Ele, que era acusado de chefiar a maior milícia do Estado do Rio de Janeiro, foi morto no sábado, dia 12, em Paciência, na capital fluminense.

De acordo com a Polícia, o bando de Ecko domina boa parte da Zona Oeste, no Rio, além de outros redutos no estado, como Costa Verde e Sul Fluminense. Os milicianos são acusados de explorarem diferentes atividades ilegais sempre utilizando a violência em suas ações.

Pela denúncia que está sendo investigada pela polícia,  o miliciano Danilo Dias Lima, o Tandera, seria o novo líder da organização criminosa. Ele rompeu com Ecko em dezembro do ano passado.

O delegado titular da 166ª DP (Angra dos Reis), Vilson de Almeida, disse nesta terça-feira, dia 15, que a Polícia Civil está sempre alerta em relação a esses grupos paramilitares. Mas, segundo ele, a Polícia não tem informação concreta desse grupo em Angra dos Reis.

– No entanto, estamos sempre em alerta e monitorando para que esses grupos paramilitares não venham para Angra – disse.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document