segunda-feira, 26 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Policial Militar é morto dentro de padaria

Policial Militar é morto dentro de padaria

Matéria publicada em 20 de abril de 2019, 13:13 horas

 


Segundo informações cedidas por policiais do 33º BPM, ele teria sido reconhecido por assaltantes

Felipe era casado e tinha dois filhos (Foto: Redes Sociais)


Angra dos Reis –
Um policial militar identificado como Felipe Gonçalves Pereira, foi morto na noite desta sexta-feira (19) no distrito de Muriqui, em Mangaratiba. De acordo com informações cedidas por policiais do 33º BPM (Angra dos Reis), Felipe estava em uma padaria do bairro quando o local foi assaltado. Ele teria reagido, foi baleado na perna e no rosto e levado ao Hospital Municipal Victor de Souza Breves, mas não resistiu.

Ainda de acordo com a PM, os assaltantes chegaram em um Fiat Palio branco e após saírem do veículo, teriam reconhecido o policial, atirando contra ele. Felipe era cabo e servia na 2ª Cia do 33º BPM. Morava em Ibicuí, outro distrito de Mangaratiba, era torcedor do Clube de Regatas Vasco da Gama, havia completado 35 anos no último sábado (13), era casado e pai de dois filhos pequenos. Nas redes, amigos e familiares lamentaram a morte de Felipe.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

26 comentários

  1. Avatar

    Aperte 17 e confirma…..

  2. Avatar

    FICO TRISTE DE VER UM SOLDADO SER ASSASSINADO POR UM BANDIDO, HOJE ESTÁ DIFÍCIL COM ESTA PORCARIA DE DROGA QUASE LIVRE E ESTA MOLECADA MAIORIA ENVOLVIDA, CAUSANDO UMA GERAÇÃO DE JOVEM NEURÓTICO SEM FUTURO E FAZENDO DE HERÓI BANDIDO ——EM TODAS PROFISSÃO EXISTE MÁ PROFISSIONAL MAS NA POLICIA TEM QUE SER INADMISSÍVEL, ENTENDO SALARIO RUIM MAIS NÃO JUSTIFICA ———–SOLUÇÃO LEIS MAIS SEVERA —- QUE DEUS CONSOLA A FAMILIA

  3. Avatar

    Pm ganha pouco?UE nao ia resolver isso votando no 17?

  4. Avatar

    Em Angra dos Reis os bandidos estão roubando tudo desde que perderam territorios no Rodo e Antares fizeram uma migração em massa para angra dos reis e algumas cidades vizinhas mas a cada favela que eles perdem na capital no RJ estão indo pra Angra dos Reis e enchendo de violência toda a cidade inclusive aliciando os jovens a ingressarem no crime .Todo o centro de Angra dos Reis é vigiado de perto por estes bandidos que começaram explodindo caixas eletrônicos para fazer guerra em Angra como vimos em 2018 e logo mais fizeram esse atack a um carro forte que transportava dinheiro de frente ao bairro Camorim Grande para comprar mais armas desafiando assim a segurança publica do RJ . Isso precisa ter um basta porque estão criando raizes e se espalhando e a sociedade de bem que paga seus impostos em dia é quem acaba pagando o preço . O governo precisa colocar as forças armadas nas ruas e começar a caçar esses marginais antes que eles comecem a matar os policiais de bem .

  5. Avatar

    Não sou o Zé do bairro,mais isso é lamentável, mais um que perde a sa vida nesse país de lixo,só Deus pra confortar a família desse herói.

  6. Avatar

    E eu pensei que fosse na padaria do bairro Casa de Pedra, onde, SEGUNDO COMENTARISTAS DAQUI, os PMs têm costume de ir lanchar de graça, ou seja, aceitam suborno.

    • Avatar

      Suborno ? Um dono de padaria te oferecer um lanche de graça por gostar da presença de policiais no seu estabelecimento, por sentir uma sensação de segurança, e dar um café para os policiais, o que nem faz diferença no seu lucro, você diz que isso é suborno ? Cara, vê se enfia sua cabeça num buraco qualquer aí e só sai de lá quando tiver vergonha na cara. Muitos comerciantes ajudam os policiais porque sabem que o Estado não dá os recursos necessários para a execução do policiamento, se dependesse só do Estado, não tinha polícia nas ruas. Isso não é suborno.

    • Avatar

      João de Deus, já começa errado com esse nick. É suborno sim, Aceitar dinheiro ou até mesmo um simples cafezinho em troca de proteção, isso é porque são PM pé de chulé, pois os patentes superiores querem JABÁ pesado!

    • Avatar

      Para as leis é suborno agente público receber qualquer valor monetário, presente ou ajuda de qualquer cidadão, entre outras.

      Não vou enumerar a leis, porém já basta um só princípio constitucional que está no Art. 37 da Constituição Federal que é o Princípio da Impessoalidade.

      No caso, o agente de segurança, Polícia Militar (PM) (pago por impostos) violando a constituição federal oferecendo PROTEÇAO PESSOAL à padaria do bairro Casa de Pedra em troca de lanche, com costumes de lanchar na padaria, SEGUNDO VÁRIOS COMENTARISTAS DAQUI no dia do assalto ao estabelecimento comercial, época em que os mesmos bandidos foram presos horas depois na beira rio.

      Quando isso acontece se eles entram na sua casa, ou cometem outros crimes?

    • Avatar

      Não confundir essa PROTEÇÃO PESSOAL com segurança pessoal de agente público, desde que em folga e sem fardamento pago por muitos estabelecimentos comerciais, como deve ser o caso desse policial assassinado da reportagem. Essa segurança pessoal (não é proteção da Administração Pública, não confunda) é possível, é uma alternativa de ganhos extras para eles.

  7. Avatar

    Qual a importancia em dizer que era vascaino! Aff!

  8. Avatar

    Pergunto ? O quê ele estava fazendo dentro de uma padaria ? Se estava fazendo bico , estava fazendo segurança privada com porte de arma do estado . Os policiais são servidores públicos e não privados . Às autoridades tem que acabar com esse tipo de trabalho privado . Será que estava fazendo bico ? Bico privado se na verdade são segurança pública .

    • Avatar

      Idiota. Primeiro, policial não come pão ? Sua família não toma café ? Policial não tem direito de ir a padaria comprar pão para sua família ? Quem te disse que a arma que ele portava era do estado ? Ele tinha arma particular, pm tem direito a comprar e portar arma de fogo, seu jumento. Sobre os bicos de segurança, apesar de ser proibido pela corporação, qual o problema dele fazer um trabalho para aumentar a renda na folga ? Se não for trabalho ilegal.

    • Avatar

      Imbecil…. Procura saber antes de falar. Somente este ano (2019) que a PM está iniciando o cadastro para acautelar arma.

    • Avatar

      Deve que estava comprando ferragem…

    • Avatar

      Comprando pão igual qualquer pessoa tem direito. Onde ja se viu padaria contratar policia para ser segurança? E mesmo que estivesse fazendo segurança. Ele merece morrer por infringir uma falta administrativa? Eu eim. Cada um que comenta besteira.

    • Avatar

      Um dos comentários mais IDIOTAS que eu já li nesse jornal, Wanuil eu teria vergonha de escrever isso, sinceramente!

  9. Avatar

    O poste está mijando nos cachorros,cadê o mito?

    • Avatar

      Que fique bem claro, não estou aplaudindo morte de policial militar, mas gostaria de estar aqui defendendo os PM’s com unhas e dentes, mas casos como o da Ten PM que saiu na mídia esta semana são cada vez mais comuns na PM, o que deixa esta instituição e seus membros cada vez mais desacreditados, o PM que aceita suborno de bandido acaba morrendo lá na frente do próprio veneno, quando não ele um colega dele. Descanse em paz.

  10. Avatar
    Effeh Benjamin Klain

    E tem gente que ainda defende bandidos, dizendo que a PM comete excesso… tem gente que dos Direitos dos Manos que defendem essa raça maldita de bandidos… Aprendam de uma vez por todas, bandido bom é BANDIDO MORTO! E o mínimo que esperamos dos companheiros deste herói e que eles procurem no esgoto esses vermes bandidos e deem a eles o que merecem… ao menos umas 40 azeitonas na cara de cada um.

  11. Avatar

    A PM tinha que caçar esses malditos vagabundos e largar o aço nesses tralhas, porque, se matam Policial à sangue frio, imagine o que não fazem com o cidadão comum.
    Esses safados deveriam serem caçados até à morte !

    • Avatar

      Infelizmente a bandidagem tomou conta do Brasil, e ainda contam a ajuda de policiais corruptos, que fazem vista grossa a troco de propinas, vendem armas para bandidos e outros. Os policiais deveriam parar de perseguir comerciantes e trabalhadores, e focar nos pontos de tráfico, motos que circulam livremente carregando bandidos. No caso de RJ, a polícia tinha que partir para cima dos bandidos, assim como identificar os policiais que trabalham para o crime organizado.
      Meus sinceros sentimentos a família deste policial, que perdeu sua vida para proteção da sociedade. Deus conforte!

Untitled Document