segunda-feira, 18 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / PRF apura denúncias de que caminhoneiros estariam sendo ameaçados por milicianos

PRF apura denúncias de que caminhoneiros estariam sendo ameaçados por milicianos

Matéria publicada em 30 de maio de 2018, 12:12 horas

 


Barra Mansa – Policiais rodoviários federais apuram a denúncia de que milicianos estariam impedido caminhoneiros de saírem dos pontos de concentração de grevistas. A PRF, porém, não confirma a atuação desses bandidos que estariam agindo em Barra Mansa, no Sul Fluminense. Os agentes confirmaram apenas que, alguns caminhoneiros estão sendo ameaçados e até apedrejados, caso desistam da greve.

– Formalmente a PRF desconsidera essa informação, pois pode haver alguém  impedindo a saída dos caminhoneiros e se identificando como miliciano. Mas, informalmente esta denúncia não será descartada.  Nada foi comprovado e os próprios caminhoneiros não tem nenhuma foto, filmagem, gravações que comprovem a atuação de milicianos – disse um agente da PRF, que pediu para não se identificar por questões administrativas.

Além disso, segundo os policiais, nenhum agente foi procurado por caminhoneiros afirmando ter sido ameaçado por milicianos. O policial ressaltou  que, caso isso ocorresse, a PRF iria apurar de forma contundente. O assunto foi destaque nesta quarta-feira, 30, na coluna do Anselmo Gois, no Jornal O GLOBO. A nota informa que milicianos estariam ameaçando caminheiros que tentam furar a greve em Barra Mansa, além de Petrópolis, na Região Serrana, e Seropédica, na Baixada Fluminense.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document