sábado, 15 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Sobe para 47 o número de presos em operação

Sobe para 47 o número de presos em operação

Matéria publicada em 12 de junho de 2019, 09:04 horas

 


 

Presos foram levados para o Parque da Cidade

Barra Mansa – O delegado titular da 90ª DP (Barra Mansa), Ronaldo Aparecido de Brito, disse na manhã desta quarta-feira, 12, ao DIÁRIO DO VALE, que subiu para 47 o número de pessoas presas na Operação Paradaise. A investida foi realizada no dia anterior, em Barra Mansa, Volta Redonda e Resende.

O objetivo da ação foi desarticular uma organização criminosa que age nessas cidades e que lidera a distribuição de drogas no Sul Fluminense. Brito disse que a investida continua e que a intenção é prender os outros integrantes da quadrilha.

A Justiça expediu 108 mandados de prisão. Vinte seis pessoas, cujos nomes constavam na lista dos mandados, já estavam presas por outros crimes.

A polícia tenta descobrir onde o dinheiro da venda de entorpecentes era lavado.

– Temos (policiais) toda uma tendência de apuração para lavagem de dinheiro. Fato que está sendo investigado – disse o delegado.

Durante a operação, foram apreendidos vários bens que, segundo Brito, foram comprados com o dinheiro do comércio ilícito de drogas. Armas e entorpecentes também foram apreendidos.

O delegado disse que a maioria dos lideres dessa organização criminosa foram presos no decorrer das investigações que começaram no ano passado, no bairro Paraíso de Cima, em Barra Mansa. Por isso, o nome da operação.

A ação envolveu 250 policiais de várias delegacias do Estado do Rio de Janeiro. Além disso, contou com apoio de Policiais Militares, que prenderam 18 suspeitos do total dos 47 detidos.

Os presos foram levados para o Parque da Cidade, em Barra Mansa, e transferidos para o sistema prisional do Estado do Rio de Janeiro.

 

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Na Vila Santa Cecília tem um tráfico se forte e as autoridades nada fazem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document