quarta-feira, 22 de maio de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Suspeito de atear fogo na ex-mulher continua foragido

Suspeito de atear fogo na ex-mulher continua foragido

Matéria publicada em 13 de março de 2019, 10:28 horas

 


Homem põe fogo em carro com ex-mulher dentro (crédito PC)

Paraíba do Sul – A foto de Marco Antônio Coelho de Souza foi incluída no portal dos “Procurados” do Disque Denúncia da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro.  Ele ateou fogo na ex-mulher, Cátia Regina de Souza, de 38 anos, no dia 26 de fevereiro deste ano, em Paraíba do Sul, por não se conformar com a separação do casal.

A mulher, que teve 35% do corpo queimado, continua a internada no Hospital Federal do Andaraí, no Rio. A Justiça decretou a prisão temporária do suspeito. Marco Antônio obrigou a ex-mulher a entrar em seu carro, ateou fogo no veículo, com Cátia dentro.

TJ

Na 13ª edição da Justiça pela Paz em Casa, iniciativa que busca resolver o maior número possível de casos de violência de gênero, o Tribunal de Justiça do Rio fará um mutirão para intensificar a realização de audiências de processos de violência doméstica e familiar contra a mulher. Somente na Capital, estão previstas 191 audiências entre os dias 11 e 15 de março. Em todo o estado, devem ser realizadas 1.202.

No fim de 2018, o Judiciário do Rio encerrou a semana anterior da campanha com um total de 3.641 decisões e sentenças proferidas, tendo mobilizado 76 magistrados. Durante o mutirão, foram realizadas ainda 1.334 audiências e proferidos 2.530 despachos. Além disso, 410 mulheres tiveram pedidos de medidas protetivas de urgência concedidos.

Promovido pelo Conselho Nacional de Justiça em parceria com os Tribunais de Justiça estaduais, o Programa Justiça pela Paz em Casa visa ampliar a efetividade da Lei Maria da Penha (Lei n. 11.340/2006), concentrando esforços para agilizar o andamento de processos relacionados à violência de gênero.

Iniciado em março de 2015, o Justiça pela Paz em Casa conta com três edições de esforços concentrados por ano. As semanas ocorrem em março, marcando o Dia da Mulher; em agosto, por ocasião do aniversário de sanção da Lei Maria da Penha.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar
    ACORDEM, BOLSOMINIONS TROUXAS

    ELEITOR DO BOLSONARO….ISSO É CERTO !!!!!!!!

    ACABARAM COM O BRASIL…

  2. Avatar

    Com certeza cidadão de bem e eleitor daquele cara que é presidente mas que manda por penúltimo (depois dele falar vem sempre alguém pedir desculpas e afirmar outra coisa). Infelizmente foi eleito, e todos os eleitores sabiam, um cidadão com graves problemas psiquiátricos. Não consegue articular nem 5 minutos de uma fala coesa. Coitado do Brasil. O povo merece. Aliás mereciam os 44 milhões que votaram nele. O resto não

Untitled Document