Suspeito é preso por agressões e xingamentos à esposa na frente de filha de 7 anos

Caso aconteceu em Dorândia, distrito de Barra do Piraí

Por Otávio de Paiva
296 Visualizações

Barra do Piraí – Um homem de 38 anos foi preso em flagrante por policiais civis da 88ª DP, na tarde de terça-feira (28), em Dorândia, distrito de Barra do Piraí. A prisão teria ocorrido em decorrência de uma agressão à esposa de 34 anos, cometida na noite da última segunda-feira (27), quando a vítima retornava para casa com a filha do casal, uma criança de 7 anos.

O delegado titular da 88ª DP, Antonio Furtado, conduziu a apuração do caso. Segundo os depoimentos colhidos, o suspeito que estava bebendo acompanhado de um vizinho, aguardava a chegada da esposa e, ao vê-la, iniciou uma série de xingamentos e difamações, suspeitando de uma infidelidade por parte dela. Em seguida, o homem teria jogado a esposa ao chão, arrastando-a pelos cabelos e causando lesões no ombro. O amigo do suspeito teve que intervir para separar a briga, enquanto a filha do casal testemunhava a cena, pedindo para o pai parar de machucar a mãe.

Após as agressões, o homem expulsou a vítima de casa, forçando-a a passar a noite na residência de uma amiga. A mulher compareceu à 88ª DP na manhã seguinte para formalizar a denúncia. Em seu depoimento, ela negou as acusações de infidelidade, relatando que vinha sendo alvo de tais acusações sem qualquer base há algumas semanas.

Os policiais dirigiram-se à residência do casal, encontrando o suspeito e os pertences da vítima em completo estado de desordem, jogados no chão, numa tentativa dele de encontrar evidências do relacionamento extraconjugal. O homem foi conduzido à delegacia, onde foi autuado pelos crimes de injúria, difamação, violência psicológica e lesão corporal, crimes que, somados, podem resultar em até sete anos e seis meses de prisão.

Foto: Divulgação

A vítima solicitou uma medida protetiva, a qual deve ser concedida nos próximos dias pela justiça. O suspeito será submetido à audiência de custódia marcada para esta quarta-feira (29), em Volta Redonda.

– Até antes desse episódio, o acusado não tinha antecedentes criminais. No momento da prisão, ele se mostrou bastante arrependido por ter bebido, mas dizendo que a culpa não era dele, mas sim da mulher. Na maioria dos casos, é isso que escutamos dos agressores. As mulheres não são culpadas, mas sim vítimas de atitudes violentas. Trata-se de um episódio grave, que poderia ter tido um desfecho pior e com consequências irreversíveis. Segundo a vítima, que se demonstrou totalmente abalada com o ocorrido, o homem chegou a dizer semanas atrás que só não a mataria porque tinha amor à própria vida. Ou seja, ela convivia com um feminicida em potencial. A ida dele à delegacia e a prisão em flagrante foram essenciais – concluiu.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

1 Comentário

Rafael Gomides 1 de dezembro de 2023, 17:49h - 17:49

que materia ridicula e tendenciosa, o homem esta errado, mas dai a voces acusalo de assasino, isso prova que esse jornal nao tem credibilidade nenhuma, e uma vergonha como voces passam essas informaçoes, parece uma militante feminista escrevendo a materia, destilando odio contra os homens em geral, mesmo a policia nao concluindo a investigaçao voces ja julgam o cara simplesmente por se homem..

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996