domingo, 24 de março de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Tráfico de drogas do Santa Cruz  teve mais um prejuízo, diz delegado

Tráfico de drogas do Santa Cruz  teve mais um prejuízo, diz delegado

Matéria publicada em 13 de março de 2019, 11:37 horas

 


Tráfico de drogas do Santa Cruz tem mais um prejuízo com ação policial (crédito PC)

Volta Redonda – O delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Franquis Dias Nepomuceno, disse nesta quarta-feira, 13, que o tráfico de drogas do bairro Santa Cruz teve mais um prejuízo. Ontem, seis pessoas foram presas no Condomínio Residencial Ingá, suspeitos de integrarem uma quadrilha que mantém uma refinaria de entorpecentes no local.

Na operação de terça-feira, 12, foram apreendidos 3,5 quilos de cocaína e maconha e várias munições de pistola, calibre 45, e fuzil, calibre 556.

O policial informou que das seis pessoas levadas para a delegacia, três delas ficaram detidas e indiciadas por tráfico e associação para o tráfico de drogas, e formação de quadrilha.

– Na ação de ontem (12), essa quadrilha não foi desmobilizada apenas no ponto logístico, mas também no ponto financeiro dessa facção criminosa que atua no local e que abastecia o tráfico também no Morro da Conquista, no Santo Agostinho, e Morro do São Carlos – disse Franquis.

Policiais civis e militares já vinham desmobilizando desde o ano passado essa quadrilha com reduto no mesmo condomínio localizado às margens da Avenida Nossa Senhora do Amparo, no Santa Cruz.

No dia 15 de novembro de 2018, o então delegado Celso Castello comandou uma operação, onde foram apreendidas num apartamento do condomínio, cinco mil cápsulas contendo cocaína, material para embalar entorpecente e caderno com a contabilidade do tráfico. Ninguém, à época, foi preso.

Em julho do mesmo ano, uma ação da PM apreendeu, no mesmo local, 13 quilos de drogas. Na ocasião,  prejuízo foi orçado em R$ 200 mil.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    MINHA CASA MINHA VIDA

    Barra Mansa.547,4 km2
    Barra do Pirai…578,47 km2]
    Barra Mansa…547,4 km2
    Resende…1.114 km2
    VOLTA REDONDA 182,5 KM2 FONTE DO GOOGLE. PERGUNTA PQ 7(sete) CONDOMÍNIOS NA NOSSA CIDADE .?????? OBSERVEM AS ÁREAS DAS CIDADES VIZINHAS , BELA HERANÇA TDS ELES UM AMBIENTE PESSÍMO. FICO TRISTE PELAS BOAS PESSOAS Q MORAM .

  2. Avatar

    Santa Cruz era a partir de onfe hoje fica a Rotatória. Tanto que chamávamos a rua que fica o Mercado 3 Irmãos de “Primeira Rua”. A Prefeitura cortou o morro para fazer um Complexo para traficantes, com visão previlegiada para saber quando a polícia chega. E anexou ao Bairro Santa Cruz.
    Escuto de várias pessoas que não moram no bairro que Sta Vruz está muito perigoso. Mas o bairro está muito mais tranquilo do que na decada de 90, que tinha tiroteios em várias partes do bairro.
    Após a década de 90 o bairro ficou muito bom e tranquilo. Porém com os condomínio do Inga fortaleceu o tráfico novamente, porém tudo acontece lá.
    A prefeitura tem culpa nesse fortalecimento. Qual um com noção de segurança pública sabe que não poderiam ter criado aqueles prédios naquele local.

    O programa minha casa minha vida tem que continuar. Mas a arquitetura desses condomínios tem que ser repensada, Roma e Santa Cruz é prova real disso.

  3. Avatar

    Infelizmente, mesmo tomando várias porradas, o tráfico no Santa Cruz dificilmente vai acabar ou ser enfraquecido, simplesmente porque o número de viciados no bairro é muito alto e e isso que mantém o trafico.
    Parabéns a polícia, mas infelizmente estão enxugando gelo.

    • Avatar

      Não só no bairro, como vc viu, também no santo agostinho, e complexo são Carlos, nós aqui da barreira cravo ficamos aterrorizados com esses viciados que vem aqui fumar maconha, pelo traje da roupa com certeza são do santo agostinho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document