quarta-feira, 23 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Uruguaio é preso por tentativa de homicídio e maus tratos a animais em Volta Redonda

Uruguaio é preso por tentativa de homicídio e maus tratos a animais em Volta Redonda

Matéria publicada em 20 de setembro de 2019, 19:57 horas

 


Segundo a Polícia Civil, ele tem várias anotações criminais em seu país de origem

ONG tenta encontrar um lar para ‘Bonitinha’ após as agressões (Foto: Divulgação)

Volta Redonda – O uruguaio Alfredo Dario La Paz Paez, de 37 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (19), na Rua 14, conhecida como “Largo do Cecisa”, na Vila Santa Cecília, após ser flagrado maltratando uma cadela, sem raça definida, com um facão e ameaçando as pessoas que passavam pelo local que tentaram defender o animal do suspeito.

Os policiais conduziram o homem até a DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher), nas dependências da 93ª DP, em (Volta Redonda). Durante o depoimento, ele teria afirmado aos policiais ser uruguaio. O homem disse também que trabalhava na localidade vendendo produtos artesanais e não possuía documentos de identificação, dificultando a investigação da polícia sobre sua verdadeira identidade.

O homem teria sido abordado inicialmente por policiais militares, que tentaram contê-lo, onde o mesmo teria se  recusado a entregar o facão, guardando o objeto em sua bicicleta. Segundo a PM, uma revista foi feita no suspeito, e nada foi encontrado, mas após verificarem seus pertences, 05 facas foram encontradas.

Ainda de acordo com os policiais militares, durante a abordagem, duas senhoras teriam se apresentado, dizendo que haviam sido ameaçadas pelo homem com o facão por tentarem intervir em favor do animal durante a agressão. Além de relatarem que o suspeito agredia o animal rotineiramente. Na delegacia, as vítimas reforçaram a reclamação com as autoridades policiais durante o depoimento. Ainda de acordo com a Polícia Civil, após a agressão, a cadela foi resgatada pelos agentes e entregue para uma protetora de animais de Volta Redonda.

Ana Cléa de Andrade Fontes é a protetora que ajudou no resgate da cadela, que tem, segundo ela, aproximadamente 1 ano de idade e recebeu o nome de ”Bonitinha”. Ana faz parte de um grupo de proteção animal, conhecido como ”Amor Animal” e entre os serviços desenvolvidos na ONG, recolhe, castra e busca pessoas que tenham interesse em realizar uma adoção responsável e consciente. O grupo mantém uma páginas nas redes sociais. Quem tiver interesse em conhecer o projeto e colaborar, pode entrar em contato através do endereço: https://www.facebook.com/amoranimalvr/

– Recebemos a notícia e viemos resgatá-la o mais rápido possível. O grupo necessita de muita ajuda. Temos outros animais e poucas pessoas ajudam. Tenho em minha casa, aproximadamente 30 animais. É um lar temporário e esperamos conseguir algumas contribuições, principalmente com ração. Levamos a cachorrinha – Bonitinha – para o veterinário e ela passa bem. Estava mancando por conta das pancadas, mas não quebrou nada, graças a Deus. Ela vai ser colocada para adoção – comentou esperançosa.

A delegada da Deam de Volta Redonda, Laísa Batista de Lara, acompanhou o caso desde o início e determinou aos agentes, a ida até o local para verificarem o que estava acontecendo e posteriormente, prestarem auxílio às vítimas e ao animal. Segundo Laísa, foi feito contato com a Polícia Federal (PF) para que fosse certificada, a nacionalidade de Alfredo.

– Ele não portada nenhum documento e isso dificultou um pouco a investigação, mas conseguimos identificá-lo. Temos a confirmação da Polícia Federal. Ele realmente é uruguaio e tem várias anotações criminais no Uruguai. Já cometeu vários crimes por lá – disse.

A delegada lembrou um fato que aconteceu em julho, no Rio, mais precisamente na Lagoa, muito parecido com o que aconteceu esta semana.

– Ele, o uruguaio, é morador de rua, é perigoso e portava várias facas. As vítimas narraram que ele estava portando uma faca enorme, espancando o cachorro e ameaçando as pessoas, colocando-as em risco. A PM efetuou a prisão muito rápido. As vítimas só não se machucaram porque a população ajudou e a PM chegou muito rápido, conseguindo defendê-las. Ciente da situação, imediatamente me lembrei de um caso que aconteceu há alguns meses no Rio. Um fato bem parecido como esse, por sinal. A Polícia Civil acompanhou recentemente um caso de um morador de rua, que, apresentando, segundo testemunhas, um quadro psiquiátrico instável e aparentemente drogado, matou duas pessoas a facadas na Lagoa. Foi uma prisão muito importante. O morador de rua do Rio abordou um rapaz que estava parado no sinal e o esfaqueou. A namorada desse rapaz ficou ferida na ocasião. A outra vítima fatal foi atacada na tentativa de socorrê-los – lembrou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

11 comentários

  1. Avatar

    Esse tipo de lixo tá em tudo que é rua de Volta Redonda. Esses vagabundos que se dizem artistas de rua são quase todos uruguaios, venezuelanos, peruanos e por aí vai. O Brasil mais parece um lixão mesmo. Se você fizer uma pesquisa com os jovens com maior grau de estudo, capacidade de empreendedorismo etc, vai ver que o sonho da maioria é deixar o Brasil. Já, em contrapartida, o lixo da América Latina vem todo pra cá. País de merda,onde vagabundos tem mais direitos que trabalhador dá nisso.

  2. Avatar

    Faz um pacotão e devolve tudo.

  3. Avatar

    manda de volta pro pais dele

  4. Avatar

    Tem muitos estrangeiros ,víndo dos
    países vizinhos , e o números de moradores de rua triplicou , mas também tem pessoa que dá almoço , janta e café da manhã , fora roupas e cobertor ,quando faz frio , caridade tem limites , a vila está em suportável , sem falar nos flanelinha ,uniformizado , rsrsrsr Socorro .

  5. Avatar

    Capinar, lavar carro, cortar grama, faxinar , ninguém quer, tem uns extrangeiros que ficam só pedindo dinheiro e jogando bolinha no sinal.

    Não sei como vieram parar em VR, já me disseram que são legado da copa.

    Tem uns que apertam o sinal do pedestres , só para parar o trânsito e pedir.

  6. Avatar
    capeta da grota do Santa cruz

    passem nos sinais de trânsito e os que estiverem ilegais mandem de volta para casa

    • Avatar

      Põe num carro da federal e leva direto ao país dele ! Vagabundos !

    • Avatar

      O bairro Aterrado é o preferido por eles, e com razão, tem geladeira comunitária, ficam rodeando e perambulando por perto, na praça onde fica a arena, todos os dias a noite chega uma turma trazendo marmitas para distribuir entre eles, agora a PMVR está fazendo uma obra anexo ao CAIS do Aterrado para dar assistência a eles, e como se não bastasse a PMVR alugou um PRÉDIO para fazer um dormitório.
      Volta Redonda “PARAÍSO DOS ANDARILHOS”

  7. Avatar

    Começa assim , vendendo artesanato, comendo fogo no sinal , maltratando animal…..depois assalta e mata !
    .

    .

    • Avatar

      Tem muitos estrangeiros ,vídeo dos países vizinhos , e o números de moradores de rua triplicou , mas também tem pessoa que dá almoço , janta e café da manhã , fora roupas e cobertor ,quando faz frio , caridade tem limites , a vila está em suportável , sem falar nos flanelinha ,uniformizado , rsrsrsr Socorro .

    • Avatar

      Vai na rodoviária que tem vários noias bebum pessoas em situação de rua, a noite em sua grande maioria todos com faca estão esperando acontecer o pior para depois tomar providencias. pior de tudo é a menos de 50 “m” do CIOSP.

Untitled Document