quinta-feira, 22 de outubro de 2020 - 00:28 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Alex Martins faz corpo a corpo no Padre Josimo

Alex Martins faz corpo a corpo no Padre Josimo

Matéria publicada em 17 de outubro de 2020, 17:05 horas

 


Alex Martins falou de propostas em sua visita ao Padre Josimo
(Foto: Divulgação)

Volta Redonda – Os moradores do bairro Padre Josimo receberam na manhã deste sábado, 17, a visita do candidato a prefeito de Volta Redonda Alex Martins (PSB). O prefeitável fez corpo a corpo pelas principais vias do bairro, divulgando suas propostas de governo. Também ouviu as principais demandas da comunidade relacionadas à ausência do poder público na localidade.

– Reclamações voltadas para a falta de estrutura do bairro, o fechamento da escola municipal antes mesmo da pandemia do coronavírus, por falta de manutenção, e déficit no transporte foram frequentes durante nossa atividade no local. Aproveitei o momento para explicar que o meu governo não será uma gestão feita às quatro paredes do gabinete, mas sim, de ir às ruas, conversar com as pessoas, olhar nos olhos e buscar resolver os problemas da cidade, a exemplo do que realizei enquanto estive à frente da OAB, através do Projeto OAB Cidadã. Queremos uma cidade mais humana, justa e respeitosa com o ser humano. Para isso, é preciso estar ao lado da população – detalhou Alex Martins.

 

Desafios para a próxima gestão

 

Durante a caminhada pelo Padre Josimo, Alex Martins disse dos principais desafios. “Nossa cidade enfrenta sérias situações na saúde, onde os hospitais municipais são administrados por Organizações Sociais que não conseguem manter o salário dos funcionários em dia, tampouco o fornecimento de insumos e equipamentos de proteção individual. A Atenção Primária também não está dando conta de prestar atendimento digno a população, seja na marcação de consultas ou exames. Queremos redimensionar a Atenção Básica tornando o serviço eficiente, integrando-o a média complexidade (especialistas), a rede de urgência e emergência, ao CRAS e ao NASF. Também precisamos utilizar a tecnologia a favor da população, criando um aplicativo que facilite a marcação de consultas e exames na rede municipal de saúde”.

EDUCAÇÃO – O período pós-pandemia, na opinião de Alex Martins, será de grande estruturação na rede educacional. Isto porque, o EAD (Ensino à Distância) adotado pela prefeitura não funcionou e ainda promoveu a exclusão social.

MOBILIDADE URBANA – Sobre a fluidez do trânsito na cidade, Alex Martins afirmou: “Temos como proposta a requalificação da mobilidade urbana no município. Hoje, existe um intenso fluxo de veículos em circulação pelas vias públicas. Em contrapartida, os usuários do transporte coletivo enfrentam sérios problemas com a falta de pontualidade dos coletivos e a superlotação, que favorece a contaminação pelo coronavírus. A gente entende a necessidade urgente de melhorias no sistema de transporte coletivo, além da criação de acessos adequados para usuários dos ônibus, taxis e aplicativos, ações que possibilitem a implantação gradual de melhorias das calçadas, semáforos sonoros e a criação de ciclovias seguras que possibilitem fomentar outros meios de locomoção, como por exemplo, a bicicleta, que tem três vieses: a sustentabilidade ambiental, a prática esportiva e a promoção à saúde”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document