>
sexta-feira, 27 de maio de 2022 - 15:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Alexandre Serfiotis organiza audiência pública em apoio ao Inca

Alexandre Serfiotis organiza audiência pública em apoio ao Inca

Matéria publicada em 17 de agosto de 2015, 20:07 horas

 


Rio e Porto Real –  O deputado federal Alexandre Serfiotis (PSD) participou na última sexta-feira (14) de uma audiência pública sobre a crise no Instituto Nacional do Câncer (Inca). A audiência, requerida no dia 5 de agosto por Serfiotis, em conjunto com o deputado federal Dr. João (PP) à Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados, tratou da situação financeira crítica pela qual passa o hospital de referência do SUS no Brasil no diagnóstico e tratamento do câncer. Foram convidados o ministro da Saúde, Arthur Chioro; o diretor geral do Inca, Paulo Eduardo Xavier de Mendonça; a representante do Núcleo Sindical do Inca, Raquel Mello de Andrade Carvalho, além de outras autoridades.

No dia 14, pela manhã, o deputado integrou uma comitiva de parlamentares que fez uma visita técnica à Unidade Central do INCA, na Praça Cruz Vermelha, no Centro, com a finalidade de analisar in loco a situação da instituição e ouvir representantes da direção do Instituto, dos servidores e pacientes.

— Constatamos que existem três sérios problemas a serem sanados, o sub-financiamento da tabela do SUS, o combate ao mau uso dos recursos e a modernização da gestão — informou Alexandre.

Sobre a crise financeira no Inca, o deputado explicou que desde o segundo semestre do ano passado, e de maneira mais forte nos últimos meses, o instituto vem passando por uma crise sem precedentes em sua história, que vem resultando em desabastecimento de medicação, falta de equipamentos médicos e de material de consumo, e com um déficit de pessoal estimado em 600 servidores.

— Os graves problemas de gestão levaram, inclusive, à saída do diretor-geral da instituição por nove anos, Luiz Santini, além da suspensão de novos atendimentos, prejuízos na qualidade dos tratamentos em curso, e na própria rotina de atividades do hospital — declarou o deputado, preocupado com a determinação do Tribunal de Contas da União (TCU) de descontinuar a parceria do Instituto com a Fundação Ary Frauzino para Pesquisa e Controle do Câncer (FAF).

— A parceria possibilitava a criação de programas importantes, como o que permitiu que o Brasil se tornasse o detentor do terceiro maior banco de medula óssea do mundo e o INCA, coordenador mundial do tratado internacional sobre a Convenção Quadro para o Controle do Tabaco — revelou.

Alexandre defendeu também a criação de uma rede de oncologia descentralizada no país, para que o interior pudesse contar com centros de excelência no tratamento do câncer, evitando os longos deslocamentos de pacientes debilitados para as capitais.

— Outras especialidades já têm suas redes de atendimento e a oncologia também pode ser descentralizada sem abrir mão da qualidade e da capacidade técnica necessárias para o tratamento do câncer — disse.

Ele concluiu destacando o caráter suprapartidário da frente de parlamentares, o que mostra que a verdadeira intenção da Câmara é auxiliar o Inca a sair desta situação, independente das questões políticas de fundo: “Estamos aqui porque o Inca é um orgulho de todo Brasil e merece toda a atenção do Congresso Nacional”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Sabem o porque dos problemas ir so aumentando, é a falta de capacidade e humanidade dos medicos, se eles tivessem o interresse de resolver o problema de uma pessoa, o mais rapido possivel, os casos nao aumentaria tanto, se uma pessoa tem um sintoma, é resolvido rapido com consulta, exames e tratamento, isto com certeza vai resolver o problema, e sobrar vagas para outros, MAIS NAO É ISSO QUE ACONTECE, uma pessoa leva de um a tres meses, para conseguir uma consulta, de tres a seis meses no minimo para exame, quando chega a começar o tratamento o caso ja esta grave, e o tempo de tratamento e resultado é muito maior.
    PENSEM NISSO QUE A SAUDE COM CERTEZA VAI MELHOR, ISSO SE VOCES TIVEREM INTERRESE EM UM BOM RESULTADO, COM EFICIENCIA.

Untitled Document
close